Translate

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

ALMOFADAS PARA SOFÁ

CAPAS PARA ALMOFADAS COM ZÍPER

Técnica "Envelope" 

Para completar a decoração de um sofá, nada melhor que uma almofada. Uma não, três é melhor.
Se o sofá for estampado, faça suas almofadas com um tecido sem estampas. Mas, que seja em uma das cores da estampa do sofá.
Mas, se o seu sofá for de uma cor única (liso) você pode se aventurar sem medo nas estampas. O mercado está cheio de lindos tecidos. É só escolher um que combine com o seu sofá, o ambiente e o seu gosto pessoal.
CAPAS PARA ALMOFADAS COM ZÍPER; almofada tipo envelope; almofadas; almofada transpassada; decoração interior; faça você mesmo; TCintra; Artes, guloseimas e companhia; decoração com suede

O tecido que escolhi foi Suede estampado. É um tecido de poliéster com alta resistência à fricção e grande durabilidade. Sua textura aveludada (que lembra camurça) proporciona uma ótima sensação ao toque, bem confortável e aconchegante. É usado para revestimento de sofás, poltronas, pufes, cadeiras e para a confecção de almofadas. Além do uso na decoração, sua aplicação no vestuário se faz presente em bolsas, luvas, casacos e botas. É de fato um tecido bem versátil, podendo ser encontrado em várias cores, estampas e texturas.
O padrão para o sofá são almofadas com 45 cm de lado. Mas, você pode fazer maiores ou menores, retangulares, quadradas ou redondas.
Hoje eu irei ensinar a fazer almofadas quadradas com 45 cm de cada lado com uma técnica denominada de envelope. Algumas pessoas chamam esta técnica de almofadas transpassadas. A diferença é que não irei cortar pedaços para sobrepor e compor cada almofada. Cortarei o tecido em 3 retângulos compridos. Cada retângulo irá se transformar em uma almofada, sem outros cortes adicionais. Depois do zíper preso em cada extremidade do retângulo o mesmo irá formar um quadrado formando um envelope sem costura. Aí é só acertar a posição desejada para o zíper e costurar as laterais. 
Eu irei mostrar o fechamento com zíper, costurado de tal forma que fique escondido. 
Querem ver como eu fiz minhas almofadas? É só continuar a lendo. Irei explicar tudinho, passo-a-passo. 
Para fazer três almofadas iremos precisar de:
MATERIAIS:
  • 1 metro de tecido com 1,40 metros de largura
  • fita métrica, lápis e régua
  • tesoura de costura
  • alfinete de costura
  • máquina de costura
  • linha que combine com o tecido comprado (eu usei branca)
  • 3 fecho éclair (zíper) com 40 a 45 cm em cor que combine com o tecido comprado
  • enchimento para almofada com capa de TNT.
PASSO-A-PASSO:
  1. Providencie todo o material necessário. Veja algumas dicas:
    a- Tecido comprado: Suede estampado. Este tecido não desfia. O que ajuda bastante na costura e não necessita deixar uma margem muito larga para a costura. b- Máquina de costura doméstica: Use agulha e linha próprias para o tecido escolhido. Em caso de dúvidas procure informações no manual de sua máquina ou entre em contato com o site da mesma. Eu usei fio 100% poliamida bonderizado na cor branca e agulha Singer universal 2020 nº 14
    Minha máquina de costura é doméstica: Singer 288.
    c- enchimento para almofadas: Você pode comprá-los prontos ou fazer em casa. Eu achei uma oferta fantástica e comprei os enchimentos já prontos. Economizei um bom tempo com isto.
  2. Acerte o tecido deixando-o com as extremidades retas. Às vezes o vendedor de tecido corta a peça fora do fio, deixando-o torto. Para a minha sorte ele cortou além de 1 metro como compensação pelo fio torto de um corte anterior. Mas, para fazer almofadas quadradas com 45 cm de largura com costuras apenas laterais e abertura na parte de trás, é preciso que o tecido seja cortado de tal forma que a altura fique com uma medida que leve aos 45 cm da almofada pronta. Depois de pensar muito, analisando a altura desejada (frente e costa da almofada) + o necessário para a costura do zíper e dobra para escondê-lo, cheguei ao resultado final de 96 cm de altura. Marque a largura do tecido com a medida encontrada. No meu caso 96 cm, se você for fazer almofadas maiores veja a melhor medida. Corte o excedente.
  3. Meça novamente o tecido: altura e largura. 
    Depois de aparar as bordas, o tecido ficou com 96 cm de altura.
    Embora a largura do tecido era anunciada como 140 cm, ele tinha 143,5 cm. Eu mantive esta medida.
  4. Divida a largura (143,5 cm) por 3 e marque o tecido. Abaixo um esquema para melhor compreensão. 
    Corte nas marcações feitas. Você terá 3 tiras retangulares de tecido com o mesmo tamanho. Cada retângulo será uma almofada.
  5. A partir deste ponto, eu irei mostrar como fiz uma almofada com um único retângulo. O zíper será fixado no menor lado do retângulo. Em uma das extremidades com menor medida do retângulo, alfinete o zíper. O tecido deve estar com o direito voltado para cima e o zíper para baixo.
  6. Vejam na foto abaixo que o zíper é colocado rente com a borda do tecido.
  7. Regule sua máquina para o tecido escolhido. Teste antes em um pequeno retalho. 
  8. Minha regulagem da máquina: Ponto reto; comprimento do ponto 4; tensão da linha 3 a 4; pressão do pé calcador 4.
  9. Troque o pé calcador para o específico para zíper. Veja no manual de sua máquina como fazer a troca. É bem simples. 
  10. O carretel de linha era muito grande para minha máquina, sendo necessário improvisar. Não foi invenção minha, vi na internet (não me lembro quem postou) e resolvi testar. Embora o carretel ficou girando alucinadamente, funcionou. Eu fiz um pequeno pap com fotos para mostrar como fazer:
    A- Junte o material: máquina de costura, carretel, suporte extra (que vem com a máquina) e uma caneta.
    B- Levante a tampa superior da máquina e fixe o suporte extra.
    C- Retire a tampa e a carga da caneta. Você irá usar apenas o corpo da caneta (aquela parte externa transparente ou não).
    D- Encaixe o corpo da caneta no suporte extra.
    E- Encaixe o carretel no corpo da caneta. Agora é só passar a linha na máquina seguindo a rotina normal. 
  11. Faça uma costura reta em toda a extensão do zíper. Dica: posicione a agulha à sua esquerda. Desta forma a costura ficará bem próxima ao zíper.
  12. Depois de costurar, retire o tecido da máquina (A). Dobre o tecido na costura feita, encaixando o zíper por trás e fixe com alfinetes (B). Inverta a posição da agulha (C). Faça uma costura reta para firmar e fixar o zíper na posição (D). Retire o tecido da máquina e solte os alfinetes (E).
  13. Fixe o outro lado do zíper. Dobre o tecido ao meio (com o avesso para cima), juntando a borda lateral do zíper com a outra borda lateral do retângulo (A). Com o zíper fixo por alfinetes, mude a posição da agulha da esquerda para a direita (B). Passe uma costura reta (C). Retire os alfinetes (D).
  14. Vire o tecido expondo o lado direito.
  15. Dobre o tecido (último lado costurado) sobre o zíper cobrindo-o. Use alfinete para facilitar o processo. Tome cuidado para não prender o lado oposto do tecido, afinal ele está dobrado. Pressione a dobra com o dedo ou o cabo de uma tesoura para marcá-la. Não passe ferro. Dica: Você pode querer deixar aparente. É uma questão de gosto e estilo de cada um.
  16. Verifique se o lado do gancho do zíper está preso de maneira adequada. Aproveite e veja se não prendeu o tecido do lado do zíper ao lado oposto.
  17. Faça uma costura reta dupla para prender o tecido ao zíper e manter a dobra. Para facilitar e evitar costurar o outro lado é só abrir o zíper. Depois de terminado retire os alfinetes, feche o zíper e confira o resultado final.
     
  18. Abra parcialmente o zíper e vire o tecido para expor o lado do avesso. É hora de costurar as laterais da almofada. Dica: A abertura do zíper irá ajudar para desvirar após a conclusão do trabalho.
  19. Após costurar o zíper, troque novamente o pé calcador.
  20. Dobre a almofada de maneira que o zíper fique não fique central e nem na borda. Alfinete para fixar.
  21. Passe uma costura reta nas laterais da almofada para fecha-la. E em seguida faça um ziguezague para arrematar o trabalho. Como o Suede não desfia, usei ziguezague espaçado (largo). Dica: Faça isto apenas nas laterais que estão abertas. Nas laterais em que o tecido está dobrado não precisa costurar.
  22. Desvire o trabalho pela abertura do zíper.
  23. Agora vamos preparar a almofada para receber um pesponto em toda sua volta. Além de conferir um melhor acabamento irá ajudar a dar forma à almofada. Lembre-se que o Suede não deve ser passado com ferro. Prenda alfinetes em toda a volta da almofada.
  24. Passe costura reta (ponto largo) em toda a volta da almofada.

  25. Sua capa está pronta.
  26. Hora de colocar o enchimento. 
    Dica: Eu usei um enchimento comprado pronto e ao abrir a embalagem dei nó nas linhas soltas e aparei as pontas. Você pode fazer o seu próprio enchimento usando TNT como forro e colocando no interior fibras de silicone para almofadas (antialérgica e lavável).
  27. Abra o zíper e coloque o enchimento dentro. Acomode a almofada para que o enchimento fique por igual.
Abaixo as almofadas em meu sofá. Vejam como realçou o ambiente, dando um toque de cor e descontração. Amei. Infelizmente, estas não são minhas. Foram feitas para outro imóvel. Que pena!
CAPAS PARA ALMOFADAS COM ZÍPER; almofada tipo envelope; almofadas; almofada transpassada; decoração interior; faça você mesmo; TCintra; Artes, guloseimas e companhia; decoração com suede
Elas foram para um pequeno apartamento decorado em tons de branco e cinza. Para quebrar a seriedade do cinza foi introduzido ao ambiente algumas peças coloridas e alegres. Minhas almofadas fizeram bonito. hehehehehehe. Quanta modéstia!
Inicialmente pensei em colocar apenas duas almofadas, mas acho que com três ficou bem melhor. O que vocês acharam?
CAPAS PARA ALMOFADAS COM ZÍPER; almofada tipo envelope; almofadas; almofada transpassada; decoração interior; faça você mesmo; TCintra; Artes, guloseimas e companhia; decoração com suede
CAPAS PARA ALMOFADAS COM ZÍPER; almofada tipo envelope; almofadas; almofada transpassada; decoração interior; faça você mesmo; TCintra; Artes, guloseimas e companhia; decoração com suede
CAPAS PARA ALMOFADAS COM ZÍPER; almofada tipo envelope; almofadas; almofada transpassada; decoração interior; faça você mesmo; TCintra; Artes, guloseimas e companhia; decoração com suede
CAPAS PARA ALMOFADAS COM ZÍPER; almofada tipo envelope; almofadas; almofada transpassada; decoração interior; faça você mesmo; TCintra; Artes, guloseimas e companhia; decoração com suede
A parte mais trabalhosa e demorada foi colocar o zíper. Mas, com calma e atenção não é nenhum bicho-de-sete-cabeças. O resto é bem simples.
Ficaram animados? Eu vou ficar aguardando para ver o trabalho de vocês. 
Qualquer dúvida é só perguntar, irei responder o mais rápido possível.
Mil bjs e até a próxima postagem (arte, viagem ou guloseimas).

BOA SORTE e SUCESSO NOS TRABALHOS!

Obrigada pela visita!!!

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

ALMOÇO À JAPONESA.

COMIDA JAPONESA CASEIRA

Cresce o número dos apreciadores de comida japonesa em todo o país. 
Atualmente, encontramos várias casas especializada nesta delícia. Mas, o preço continua alto.
A solução para quem quer consumir sem gastar muito é preparar estas gostosuras em casa.
Isto mesmo no conforto e tranquilidade de sua casa. Tudo feito por você e sua família e amigos em um encontro descontraído e interativo. Eu já postei as receitas e o modo de preparo anteriormente. O link está no final deste post.   
Que tal aprender a fazer SUSHI e ainda economizar um dimdim e tempo? Faça um pouco de cada ou apenas o que mais gostar. As opções são inúmeras MAKI, CARIOCA, TEMAKI, NIGIRI SUSHI, SUSHI MAÇARICADO. Os nomes podem variar de acordo com a região e criações próprias.
Você, ainda, pode fazer novas combinações de sabores. Dá pra variar bastante nos ingredientes é só criar coragem e arriscar. 
A foto abaixo foi de nossa última experiência preparando algumas delícias da cozinha japonesa em nossa casa.
Mas, tem que ser fresquinho para se ter a garantia de uma alimentação saudável. Os peixes não devem ser congelados. Compre-os sempre frescos em uma peixaria de confiança. Você pode usar atum, tilápia, salmão, agulhão branco, camarão, kani. Além de outros ingredientes como pepino, cebolinha picada, cream cheese, frutas (manga, morango). O arroz também deve ser preparado no dia com antecedência para poder esfriar sem passar por refrigeração.
Os molhos preferimos aqueles comprados prontos.
O molho tare (lê-se tarê) é adocicado e bem encorpado. Ele combina bem com o CARIOCA (sushi empanado e frito, também conhecido como hot roll) e outros pratos com Tofu (queijo de soja), lula, salmão ou frango.
O molho shoyo dispensa apresentações. Como ele possui alto teor de sódio em sua composição, não exagere.
Mesmo que você não seja um sushiman é possível preparar vários itens da cozinha japonesa em casa. Naturalmente, que a prática leva à perfeição. Então, não desista nas primeiras tentativas. Persista. 
Abaixo algumas delícias deste último almoço à japonesa. Exageramos um pouco no tamanho. Culpa da gula.
Os camarões colocados em alguns sushi foram levemente passados em farinha e fritos.
O nosso Carioca (hot roll) está ficando com uma apresentação bem melhor. Uma verdadeira delícia.
Deixamos o SUSHI MAÇARICADO parcialmente montado para maçaricar à mesa onde a montagem será finalizada. Usamos um pequeno maçarico de mesa que comprei para usar em algumas sobremesas. Hoje ele é item indispensável ao nosso cardápio japonês. O sushi adquiri um sabor bem peculiar e super saboroso. Como eu faço: Primeiro sobre o bolinho de arroz espalho cream cheese, polvilho pimenta do reino em pó, uso o maçarico sobre o cream cheese. Coloco o salmão (ou outro peixe) sobre o cream cheese maçaricado e finalizo maçaricando a carne. Delícia!!! Amo!!!
Já repetimos esta experiências em outras ocasiões. E, em cada vez sentimos maior facilidade nas montagens. Eu até já estou comendo mais. kkkkkkkkkkkkkk. Ainda só não me aventurei a cair de boca no Temaki. Alga demais. Deixo esta opção para os mais aventureiros. Meu ritmo de evolução do paladar é um pouco lento e conservador. Calma gente, eu chego lá. rsrsrsrsrsrsrsrs. 
Ainda não tenho todos os utensílios necessários para servir um almoço à Japonesa da maneira correta. Estou comprando aos poucos. Nossos Temakis são colocados em forma triangular descartáveis. Aquelas compradas em lojas de festas. 
Não sou especialista no assunto, mas o que aprendi com meus filhos e seus amigos alguns meses atrás desmistificou a técnica e vi que não tem mistério. É mais fácil e simples do que parece à primeira vista. 
Viram quantas delícias podemos fazer, mesmo sem experiência?
Confiram no link abaixo e vejam as receitas e o modo de fazer.
Para completar a experiência gustativa, escolha um vídeo ou músicas sobre a cultura oriental.
Então, ficaram animados? Façam e enviem suas experiências. Eu irei postá-las no blog. 
Beijocas e até a próxima postagem que pode ser artes, guloseimas ou companhia.

BOM APETITE!!!
Obrigada pela visita. Um abraço carinhoso a todos.
                   Teresa Cintra

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

HAMBÚRGUER CASEIRO

PÃO E CARNE DE HAMBÚRGUER FEITOS EM CASA

O hambúrguer nada mais é do que carne moída, temperada e modelada em forma circular e achatada. Depois é só fritar e montar o seu sanduíche que leva o nome da carne.
PÃO E CARNE DE HAMBÚRGUER CASEIROS; PÃO E CARNE DE HAMBÚRGUER FEITOS EM CASA; FAÇA EM CASA; LANCHE CASEIRO
Você não resiste a esta delícia, mas se preocupa com a qualidade dos ingredientes utilizados? Faça o seu próprio sanduíche em casa. Prepare a carne e elabore a montagem conforme o seu paladar. 
Use um pão de hambúrguer fresco. Compre-o na padaria de sua preferência ou faça-o em sua casa. Eu fiz o meu seguindo a receita que já postei no blog. Quem quiser fazer o seu próprio pão de hambúrguer dê uma olhadinha AQUI.
Use sempre produtos de qualidade e boa procedência.
PÃO E CARNE DE HAMBÚRGUER FEITOS EM CASA; FAÇA EM CASA; LANCHE CASEIRO
INGREDIENTES:
PÃO:
  • Use um pão de hambúrguer de padaria ou faça-o em sua casa. a minha receita você encontra AQUI. Esta receita dá para 8 pães, mas como eu queria super pães dividi a massa em 6.
HAMBÚRGUER (carne): 6 unidades 
  • 400 g de carne moída com pouca gordura (patinho ou fraldinha ou acém)
  • 1/2 pacote de sopa em pó de creme de cebola
  • 1 ovo médio
  • 1 c/sopa cheia de farinha de trigo ou farinha de rosca
  • pimenta do reino a gosto
  • temperos desidratados em pó (salsa, louro, mostarda, coentro, orégano...) a gosto. Deixe a sua imaginação voar.
  • 150 g queijo mozarela ou cheddar fatiado (não muito fino)
  • óleo ou azeite para fritar (+ 2 c/sopa)
Dica: Como o creme de cebola já é salgado, tenha cuidado com o sal. É melhor colocar menos sal e depois dar uma leve polvilhada do que perder o hambúrguer por excesso de sal.

GUARNIÇÃO:
  • alface
  • tomate em rodelas finas
  • 150 g de presunto fatiado
  • maionese
  • cream cheese
  • ovo frito
  • molho de queijo especial (creme de leite + ricota + queijo gorgonzola + requeijão ou cream cheese)
OPCIONAL: (eu não usei os opcionais)
  • bacons em fatias frito
  • batata palha frita
  • rodelas de cebolas empanadas e fritas
MODO DE PREPARO:
PÃO:
  1. Prepare a massa e faça os pães conforme explicado na receita. Ou compre os pães prontos. Eu resolvi fazer os pães em casa. Neste caso o ideal é começar pelos pães e quando estiverem no forno começar a preparar a carne e os acompanhamentos e guarnição.
  2. Asse os pães até dourarem.
  3. Enquanto fritas os hambúrgueres, deixe os pães sobre uma grade para esfriarem.
HAMBÚRGUER:
  1. Prepare a guarnição e reserve. Dica: Se for fazer batata frita ou palha em casa, faça a fritura quando estiver assando a carne. O mesmo vale para as rodelas de cebola e ovos. Assim, você terá tudo quentinho e fresco. A salada e os molhos podem ser providenciados antes.
  2. Coloque a carne em um recipiente e misture o ovo, o creme de cebola. Mexa com uma colher.
  3. Junte os temperos à gosto e a farinha de trigo ou rosca. Dica: Cuidado para não salgar demais. Além de ficar muito salgado, o sal pode desidratar a carne durante a fritura, deixando o hambúrguer "seco". Para que isto não ocorra, polvilhe o sal quanto já estiver fritando a carne. Lembre-se que o creme de cebola vem salgado.
  4. Mexa tudo com as mãos até a mistura ficar homogênea. 
  5. Divida a carne em 6 porções. Dica: Se você quiser uma medida exata use uma balança de cozinha para pesar a carne já temperada e divida o resultado por 6. Depois, pese as porções até obter o resultado da divisão. Fica um bife de hambúrguer tamanho padrão (80 a 85 gr). Caso você queira hambúrguer maiores é só diminuir a quantidade de porções. Mas, neste caso a carne pode não ficar bem assada no seu interior. Ideal para quem prefere carne malpassada ou ao ponto. Eu prefiro bem passada. 
  6. Faça pequenas "bolas de carne" e as amasse com a mão para dar forma aos hambúrgueres. Ou use um aro e um copo para amassar. Eu usei uma forma modeladora para hambúrguer da Tupperware (11,4 cm de diâmetro x 2,5 cm de altura). Como não achei a parte chamada de modelador que vai entre a forma e o prensador, fiz sem ele mesmo e deu certo. Dica: Como eu não gosto de carne mal passada, meus hambúrgueres não são muito altos.
  7. Desenforme os hambúrguer sobre um tabuleiro forrado com plástico. Cubra com outro plástico e leve ao freezer por 15 min, para firmarem e facilitar a fritura. 
    PÃO E CARNE DE HAMBÚRGUER FEITOS EM CASA; SANDUBA CASEIRO; SANDUÍCHE FEITO EM CASA; FAÇA CARNE DE HAMBÚRGUER EM CASA; PÃO CASEIRO; PÃO PARA HAMBÚRGUER; PÃO PARA SANDUÍCHE.
  8. É hora de fritar. Se você for usar bacon, frite-os primeiro e aproveite a gordura para fazer a carne. Se não, coloque o azeite na frigideira ou grelha e frite os hambúrgueres ainda congelados.
    Frite bem, pressionando suavemente contra a frigideira, depois vire e coloque as fatias de queijo e bacon por cima. (E não coloquei bacon). Continue apertando o montinho até a carne assar no ponto desejado. O calor da carne derrete o queijo. 
  9. Reserve-os em uma bandeja ou coloque-os sobre o pão já preparado. Veja abaixo a montagem do seu sanduíche.
  10. Faça a montagem do sanduíche imediatamente após o preparo da carne.
GUARNIÇÃO:
  1. Lave o alface e tomate em água corrente. Coloque-os em uma vasilha com água e vinagre por 20 minutos. Escorra. Retire os talos do alface e pique-o. Ou deixe a folha inteira. Eu prefiro picá-los, facilita bastante. Corte o tomate em fatias finas. Reserve.
  2. Frite os ovos em manteiga ou azeite. Para que fiquem redondos use um aro de diâmetro semelhante ao pão. Coloque-os em uma bandeja e guarde-os na estufa do forno (ou em outro local) para permanecerem quentes.
  3. Prepare o molho de queijo especial. Em uma pequena panelinha coloque todos os ingredientes e leve ao fogo brando para aquecer. As medidas não são exatas. Coloque a proporção seguindo o seu gosto pessoal e o que você tem na geladeira. Evite os queijos que formam ligas, prefira os que derretem e se misturam. Se o molho ficar grosso acrescente um pouco de leite à mistura. Reserve.
  4. Use uma maionese de qualidade ou use apenas o cream cheese.
MONTAGEM:
  1. Corte os pães ao meio.
  2. Em um dos lados do pão coloque cream cheese e no outro maionese. Ou use o cream cheese em ambos os lados. Dica: Por uma questão de segurança eu prefiro não usar maionese caseira. Pode ser mais gostosa, mas receitas com ovo cru são perigosos. 
  3. Coloque o hambúrguer frito com o queijo  mozarela sobre a fatia com cream cheese.
  4. Sobre o hambúrguer coloque o molho de queijo especial. Dica: é opcional, mas o sabor fica maravilhoso.
  5. Em seguida, acrescente o ovo frito.
  6. Sobre o ovo coloque a fatia de presunto.
  7. Finalize com a salada de alface, tomate e um pouco mais de maionese. 
    PÃO E CARNE DE HAMBÚRGUER FEITOS EM CASA; SANDUBA CASEIRO; SANDUÍCHE FEITO EM CASA; FAÇA CARNE DE HAMBÚRGUER EM CASA; PÃO CASEIRO; PÃO PARA HAMBÚRGUER; PÃO PARA SANDUÍCHE.
  8. Faça quantos sanduíches quiserem. Como, aqui em casa, somos 4, fizemos apenas esta quantidade. Um para cada um, mas bem recheados. Caso alguém queira bis, sobraram dois pães e duas carnes. É só preparar.
    PÃO E CARNE DE HAMBÚRGUER FEITOS EM CASA; SANDUBA CASEIRO; SANDUÍCHE FEITO EM CASA; FAÇA CARNE DE HAMBÚRGUER EM CASA; PÃO CASEIRO; PÃO PARA HAMBÚRGUER; PÃO PARA SANDUÍCHE.
  9. Feche o pão com a outra metade do mesmo. 
    PÃO E CARNE DE HAMBÚRGUER CASEIROS; PÃO E CARNE DE HAMBÚRGUER FEITOS EM CASA; FAÇA EM CASA; LANCHE CASEIRO
  10. Sirva imediatamente.
    PÃO E CARNE DE HAMBÚRGUER CASEIROS; PÃO E CARNE DE HAMBÚRGUER FEITOS EM CASA; FAÇA EM CASA; LANCHE CASEIRO
Dica: Eu tentei manter o pão "em pé" colocando um palito de dente para segurar a torre de delícias, mas não deu certo. O palito era muito pequeno para prender todo o conteúdo. rsrsrsrsrsrsrsrsrs.
PÃO E CARNE DE HAMBÚRGUER CASEIROS; PÃO E CARNE DE HAMBÚRGUER FEITOS EM CASA; FAÇA EM CASA; LANCHE CASEIRO; CARNE DE HAMBÚRGUER CASEIRA; PÃO DE HAMBÚRGUER CASEIRO;
Da próxima vez vou usar um palito de churrasco.

Hummmm, que delícia!
Sou suspeita em falar, mas ficou maravilhoso! Uma extravagância liberada de vez em quando. 

VARIEDADE:
Substitua a carne de boi por frango, salmão ou soja texturizada e tenha novos sabores.
Hambúrguer de salmão: 400 gramas de salmão sem pele e moído ou bem picadinho, 1 clara, 1/2 pacote de creme de cebola, 1 colher de sobremesa de farinha de linhaça dourada, salsinha picada a gosto, 1 colher de azeite, sal e pimenta em pó (branca) a gosto. Misture todos os ingredientes e modele os hambúrgueres. Distribua-os em uma forma untada com azeite. Cubra a forma com papel alumínio e leve ao forno por aproximadamente 20 minutos. Retire o papel alumínio e deixe por mais 15 minutos. Sirva com cream cheese ou molho de requeijão light com maionese light, ketchup, mostarda e orégano. Sirva em um pão de hambúrguer, torrada de pão preto ou acompanhando uma bela salada de verduras.

Beijocas e até a próxima postagem.

BOM APETITE!!!
Obrigada pela visita. Um abraço carinhoso a todos.
                   Teresa Cintra