Translate

terça-feira, 29 de setembro de 2015

BOLO MÁRMORE

BOLO MESCLADO OU BOLO MÁRMORE?
BOLO CASEIRO; BOLO MESCLADO OU BOLO MÁRMORE; CAFÉ DA MANHÃ; CHOCOLATE; CULINÁRIA; LANCHE;

O nome varia, mas o sabor chocolate mesclado com baunilha é bem conhecido. 
Este é um típico bolo caseiro, sem recheio ou cobertura. Leve e macio.
Uma delícia para acompanhar o café da manhã, o lanche da tarde ou um bate papo descontraído de amigas. Vai bem com café preto, café com leite, chocolate (quente ou frio), chá ou suco de laranja.
BOLO, CAFÉ DA MANHÃ, CHOCOLATE, CULINÁRIA, LANCHE, CHOCOLATE,
INGREDIENTES:
  • 4 ovos inteiros
  • 1 e 1/2 xíc/chá de açúcar (refinado ou cristal)
  • 1 xíc/chá de leite
  • 100 g de manteiga s/ sal
  • 1 c/chá de essência de baunilha (opcional)
  • 2 e 1/2 xíc/chá de farinha de trigo
  • 1 c/sopa de fermento químico
  • 1 pitada de sal (+ 1 c/chá)
  • 1/2 xíc/chá de chocolate em pó com 50% de cacau
DECORAÇÃO:

  • açúcar de confeiteiro
MODO DE PREPARO:
  1. Pré-aqueça o forno a 200° C. Reserve.
  2. Unte uma forma desmontável redonda (25 cm de diâmetro) com manteiga e polvilhe chocolate em pó.
  3. Separe e meça todos os ingredientes individualmente. Reserve.
  4. Coloque os ovos na batedeira. Bata em velocidade alta até dobrar de volume.
  5. Enquanto isto, em uma pequena panela junte o leite e a manteiga e leve ao fogo até começar a ferver. Desligue o fogo e junte a essência de baunilha. Reserve.
  6. Junte aos ovos o açúcar aos poucos, sempre batendo. Misture bem até ficar bem homogêneo. Dica: Ao adicionar o açúcar o som da batedeira fica alterado, como se estivesse arranhando. É o açúcar sendo misturado. Quando o som voltar ao que era antes da adição do açúcar é sinal que este foi incorporado totalmente aos ovos.
  7. Com a batedeira ligada em baixa velocidade acrescente a mistura quente de leite e manteiga aos poucos.
  8. Desligue a batedeira e adicione o fermento em pó. Misture com um fouet ou colher.
  9. Junte com um fouet a metade da farinha de trigo. Mexa sem bater.
  10. Coloque o sal e misture.
  11. Acrescente o restante da farinha e misture novamente.
  12. Separe a mistura em duas porções. Acrescente o chocolate em pó peneirado a uma delas. Misture com o fouet ou colher.
  13. Despeje as massas alternadamente na forma preparada anteriormente. Ou, coloque primeiro a massa branca e depois a de chocolate delicadamente. Como a massa branca é mais leve que a de chocolate, ela tende a subir, criando um padrão tipo mármore. Você ainda pode usar um palito de churrasco ou um garfo para mesclar delicadamente as massas. Não exagere, o efeito mesclado deve ser parcial. Dica: Eu queria um efeito tipo zebra e despejei as massas formando ondas, mas o resultado não ficou como eu queria. Minha massa branca é muito leve e terminou subindo e concentrando-se na parte de cima. Mas, manteve o com o padrão de bolo mesclado. Vou pesquisar uma massa mais adequada a este efeito, testar  e depois posto para vocês. 
  14. Leve para assar em forno pré-aquecido a 200°C por 35 a 40 minutos. Faça o teste do palito. Dica: Eu não sei o forno de vocês, mas tenho certeza que o meu está desregulado. Preciso urgentemente comprar um termômetro para testá-lo. rsrsrsrsrsrsrs. Quando completou o tempo estipulado, e com o bolo já cheirando eu fiz o teste do palito. As bordas estavam assadas, mas o meio ainda estava cru. Precisava ficar mais um tempo no forno, mas corria o risco de queimar o fundo e as laterais. Não tive dúvidas coloquei um tabuleiro (assadeira) com água no fundo do forno e deixei mais 10 minutos. Atenção: não é banho-maria. Ufa! Deu certo.
  15. Depois de assado, retire o bolo do forno e deixe-o sobre uma grade para esfriar.
  16. Desenforme no prato em que será servido.
  17. Decore-o a gosto.
    Dica: Eu apenas polvilhei açúcar de confeiteiro por cima. Para isto, deixei o bolo com o fundo da forma desmontável sobre a grade encima do balcão da pia e usei uma peneira pequena. Fica mais fácil de limpar o excesso que cai fora do bolo. Para dar um pequeno charme ao bolo, coloquei sobre ele um coração cortado em guardanapo antes de polvilhar o açúcar. Depois, com calma, é só retirar o guardanapo. Uma decoração simples e mimosa.
    BOLO, CAFÉ DA MANHÃ, CHOCOLATE, CULINÁRIA, LANCHE, CHOCOLATE,
Agora é só preparar o cafezinho ou chocolate quente e chamar a galera para o lanche. 
BOLO, CAFÉ DA MANHÃ, CHOCOLATE, CULINÁRIA, LANCHE, CHOCOLATE,
Minhas formiguinhas não perdem tempo. São as primeiras a atenderem o chamado. rsrsrsrsrsrsrsrsrs.
BOLO, CAFÉ DA MANHÃ, CHOCOLATE, CULINÁRIA, LANCHE, CHOCOLATE,
Aceitam uma fatia?
BOLO, CAFÉ DA MANHÃ, CHOCOLATE, CULINÁRIA, LANCHE, CHOCOLATE,
Não tem nada melhor que ver um bolo sumindo da travessa. No final troquei o prato por outro menor. Mas, esta sobra tem poucas horas de sobrevida. Rapidinho vira lanche no meio da tarde. 
BOLO, CAFÉ DA MANHÃ, CHOCOLATE, CULINÁRIA, LANCHE, CHOCOLATE,
BOLO, CAFÉ DA MANHÃ, CHOCOLATE, CULINÁRIA, LANCHE, CHOCOLATE,
Ficou macio, leve e saboroso. Não deixem de fazer.
BOLO, CAFÉ DA MANHÃ, CHOCOLATE, CULINÁRIA, LANCHE, CHOCOLATE,

Beijão e até a próxima postagem que pode ser arte, guloseima ou companhia.

BOM APETITE!!!
Obrigada pela visita. Um abraço carinhoso a todos.
                   Teresa Cintra

terça-feira, 22 de setembro de 2015

PRATO DECORADO COM DECOUPAGEM III

PRATO NATALINO DECORADO COM DECOUPAGEM e CRAQUELÊ

Sem ideias para decorar a mesa da ceia ou presentear no natal? 
Faça a decoração e os presentes artesanalmente e surpreenda a todos.
Uma excelente dica são os pratos decorados com decoupagem. Presente que pode ser apenas para decoração ou uso no serviço de mesa basta seguir cada etapa com carinho e paciência. Naturalmente, que escolher adequadamente a maneira de finalizar o trabalho fará a grande diferença final.
Querem um pouco mais de estímulo? Vejam a foto abaixo e decidam entre os vários guardanapos existentes no mercado com o tema do natal. 
ARTESANATO; DECORAÇÃO; DECOUPAGEM; FAÇA VOCÊ MESMO; NATAL; prato decorado;
São tantos guardanapos, cada um mais lindo que o outro, que esta talvez seja a decisão mais difícil de tomar. Na dúvida faça todos. Simples assim. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Vejam a relação de material e o passo-a-passo abaixo:
MATERIAIS NECESSÁRIOS:
  • Prato em vidro transparente incolor e liso (duralex)
  • Guardanapo para decoupagem com o tema natalino
  • Tinta látex ou acrílica na cor branca  ou bege.
  • Tinta látex ou acrílica na cor vermelha (ou prepare sua tinta com corante líquido e tinta branca).
  • Corante em gotas para tinta na cor ocre, vermelha e preta.
  • Termolina leitosa ou Cola branca extraforte (rótulo azul) diluída ou cola para decoupagem
  • Cola branca extraforte (rótulo azul)
  • Um pincel fino e outro largo
  • Um rolinho de espuma
  • Recipiente com água (para lavar os pinceis)
  • Tesoura para recortar o guardanapo
  • Plástico grande, jornal ou outro material para forrar a mesa de trabalho. 
  • Pedaço de pano de limpeza
  • Álcool líquido
  • Um pedaço de saco plástico (limpo e seco)
  • Fita adesiva crepe
  • Tinta dourada para dar acabamento ao trabalho (opcional)
  • Verniz vitral (sempre incolor)
PASSO- A-PASSO:
  1. Forre sua mesa de trabalho ou bancada com plástico ou jornal. Dica: eu uso uma cortina velha, tipo blackout, que guardo para este fim.
  2. Lave e seque o prato.
  3. Limpe bem com o pano de limpeza e o álcool para tirar qualquer vestígio de gordura. Dica: Não use álcool gel.
  4. Abra o guardanapo escolhido sobre uma superfície.
    Escolha a parte que será cortada e corte-a. Dica: O guardanapo só será aplicado no meio do prato. Meça a circunferência e antes de cortar veja qual parte do guardanapo irá cortar. Nem sempre o meio tem o melhor desenho. Teste primeiro colocando o prato sobre o guardanapo. 
    ARTESANATO, DECORAÇÃO, DECOUPAGEM, FAÇA VOCÊ MESMO, NATAL,
  5. Separe as películas do guardanapo com cuidado. São três películas bem finas e frágeis. Você irá usar apenas a que contem a estampa.
  6. Hora de preparar o prato para colar o guardanapo. Lembre-se que todo o trabalho será feito no fundo do prato. Emborque o prato e passe com um pincel largo a termolina leitosa (ou cola branca diluída) sobre o fundo do prato. Dica: eu usei termolina leitosa caseira, receita já postada anteriormente (http://teresacintra.blogspot.com.br/2015/03/termolina-caseira.html).
  7. Coloque a figura em cima com cuidado para não rasgar ou enrugar muito. Coloque o guardanapo o mais esticado possível. Dica: A parte do direito do desenho deve ficar voltada para o prato, com o avesso para cima. 
  8. Retire as rugas e bolhas: Sobre o guardanapo ainda úmido coloque um pedaço de plástico e, com movimentos circulares, passe um rolinho de espuma (ou trouxinha de pano) com cuidado. Dica: Os movimentos devem ser firmes, porém sem muita força. Sempre de dentro para fora. Assim você irá diminuir as rugas e bolhas no papel, evitar de rasgá-lo e garantir que desenho fique bem colado. Retire o plástico com cuidado.
  9. Deixe secar bem ou use um secador de cabelo (ou soprador) antes de passar para a próxima etapa.
  10. Com um pincel largo e macio passe a termolina leitosa ou cola diluída por cima do guardanapo, cobrindo todo o papel, inclusive as bordas. Passe duas demãos intercalando secagem. Dica: Deixe a cola secar bem para dar prosseguimento ao trabalho. Depois que secar, irá ficar transparente e sem manchas.

  11. Dê uma demão de tinta branca ou bege ou marfim sobre o guardanapo para que a cor vermelha que usaremos no craquelado e no fundo do prato não "apague" o desenho do guardanapo.
    Dica: use algum resto de tinta de trabalho anterior. O importante é que seja clara e o tom não comprometa o resultado final. Isto é, não basta ser clara, tem que ser neutra. Nada de usar cores como azul claro, rosa claro, verde claro..., que irão alterar o vermelho do guardanapo e das partes claras.
  12. Limpe o contorno do desenho retirando a tinta que tenha borrado.
  13. Corte pedaços da fita crepe e circunde o desenho deixando um pequeno espaço do vidro aparecendo, formando um aro.
    Veja do outro lado como deve ficar. Quando menor os pedaços de fita, mais redondo o circulo ficará. 
  14. Pinte o aro de vidro entre o desenho e a fita crepe com a tinta dourada.
    Dê duas demãos de tinta intercalando secagem entre si.
    Verifique o resultado no lado de dentro do prato e veja se há necessidade de mais uma demão ou não.
  15. Dê mais uma ou duas demãos de tinta branca (bege ou marfim) sobre o desenho e o aro dourado. Espere secar bem. 

  16. Retire a fita crepe delicadamente.
    Se necessário corte com uma faca de ponta as arestas e imperfeições observadas. Cuidado para não cortar demais. Dica: para evitar de cortar além do necessário, eu usei um prato de sobremesa para me guiar no corte. Ao terminar observe os dois lados do prato para ver o resultado final. Faça as correções que julgar necessárias. 
    A parte da orla do prato até o momento continua sem pintura. 



  17. Prepare a tinta vermelha: Em um frasco coloque tinta branca PVA ou acrílica, junte corante vermelho em gotas e misture bem. Acrescente uma ou duas gotas de corante preto para fechar o vermelho. Reserve. Dica: o corante preto é opcional apenas para o caso de você não querer um resultado muito vivo. Não coloque muito. Eu escolhi o vermelho por ser uma cor muito usada no natal, mas dependendo do guardanapo você pode usar verde (como os pinheiros) ou branco (como a neve). Lembre-se que a cor pintada diretamente sobre o guardanapo, não pode ser escura ou contrastante com o desenho ou irá apagá-lo. Por este motivo que pintamos primeiro o guardanapo com uma cor clara.
  18. Hora de trabalhar a orla do prato: Passe uma camada bem generosa de cola branca extra-forte para artesanado em toda orla do prato.
  19. Quando formar uma fina película sobre a cola, sem que seque totalmente, inicie a pintura com a tinta vermelha sobre a cola.
    Use um pincel macio ou uma esponja com a tinta vermelha (nem muito grossa e nem muito fina). Uma única camada de tinta. 
    Para melhor acabamento, do trabalho, pinte a área central com a tinta vermelha, o que irá impedir que as áreas fiquem delimitadas pelo volume de tintas.
    Dica: Não force o pincel ou a esponja. Nem fique indo e vindo com o pincel ou esponja. O objetivo é cobrir toda a superfície da cola com a tinta, sem misturá-las. 
  20. Ao terminar de cobrir a cola com a tinta, use um secador de cabelo em temperatura quente e inicie a secagem. Você irá perceber que a medida que a pintura secar, irá rachar, formando o craquelado. Espere secar totalmente. 
  21. Depois que o vermelho estiver bem seco e pelo lado do direito não se visualize a cola (que fica transparente depois de seca), passe a tinta dourada sobre todo o trabalho (caso queira deixar o fundo todo dourado) ou apenas no aro externo do prato. Dê duas demãos de pintura com intervalo de secagem entre elas. O dourado irá preencher as rachaduras da tinta anterior e formar o craquelê pelo lado direito do prato.  

    ARTESANATO, DECORAÇÃO, DECOUPAGEM, FAÇA VOCÊ MESMO, NATAL,
  22. Eu ia deixar o fundo totalmente dourado, mas achei muito exagerado e resolvi dar uma demão de vermelho. Uma única demão com o rolinho de espuma (não com o pincel) deu um efeito bem interessante.
    O vermelho cobriu parcialmente o dourado deixando um brilho bem bonito, além de ter coberto algumas imperfeições. Gostei muito do resultado final. Deixe secar totalmente.
  23. Valorize o seu trabalho: assine-o. Dica: Use tinta fosca para artesanato e um pincel bem fino ou uma caneta com tinta permanente na cor de sua preferência. Eu usei uma caneta permanente para CD/DVD preta. Pode ser preta, marrom, branca, dourada, prateada, cobre...
  24. Faça o contorno externo do prato com a tinta dourada. Detalhe opcional, mas que dá um lindo acabamento ao trabalho.
  25. Hora de finalizar o trabalho com o verniz. Como este trabalho é para inaltecer a noite de natal, eu resolvi que ele deveria fazer parte dos utensilhos de serviço de mesa deste momento tão especial. Usei verniz vitral incolor que tem a necessidade de solvente próprio para diluição e limpeza dos pinceis. Dê duas demãos intercalando período de secagem. 
Prontinho, trabalho terminado! 

Querem ver como ficou a frente e o verso do prato?

ARTESANATO, DECORAÇÃO, DECOUPAGEM, FAÇA VOCÊ MESMO, NATAL,

 DICAS GERAIS:
- Mantenha os pinceis sempre limpos utilizando o solvente indicado pelo fabricante.
- Como cada etapa tem o seu tempo de secagem e isto leva algumas horas, o ideal é fazer vários pratos ao mesmo tempo. Desta maneira quando você terminar o último prato é o momento de começar a próxima etapa com o primeiro. E você não corre o risco de ficar agoniada e atropelar o tempo de secagem. Você irá precisar de um lugar para deixar os pratos secarem. A única exceção é na hora de fazer o craquelê, pois a cola não poderá estar seca. 
- Para a secagem de cada etapa pode-se usar o secador de cabelo ou o soprador artesanal. A única exceção é o verniz na hora de finalizar: o calor do secador ou soprador pode deixar o verniz "peguento" (melado ao toque). Mas, se o seu secador tiver a opção de temperatura fria ele poderá ser usado mesmo para o verniz.

Espero que vocês tenham gostado e não deixem de fazer. 
ARTESANATO, DECORAÇÃO, DECOUPAGEM, FAÇA VOCÊ MESMO, NATAL,

LEMBRETES IMPORTANTES
 Para limpar o prato decorativo utilize apenas um paninho úmido. Nunca use material abrasivo sob o risco de danificar a decoupagem e a pintura. Caso seja necessário lavar efetivamente, como no caso de pratos do serviço de mesa, este procedimento deve ser rápido e com detergente neutro e esponja macia. Enxague imediatamente e segue em seguida. Não o deixe de molho ou empilhado com outras louças. Não o lave com água quente. Nunca o coloque em máquina lava-louça, nem em microondas ou forno convencional, mesmo que o prato utilizado seja do tipo duralex ou refratário. Este é um trabalho artesanal e não industrial.
ARTESANATO, DECORAÇÃO, DECOUPAGEM, FAÇA VOCÊ MESMO, NATAL,

 Lembre-se que: utilizar este trabalho para servir alimento só é possível porque a comida não terá contato direto com os produtos químicos empregados. Afinal, a colagem e pintura foi toda realizada no fundo do prato. E, os alimentos, serão colocados no lado superior do prato, onde o vidro original foi preservado. A opção do verniz é apenas para proteção do trabalho na sua limpeza eventual ou diária dependendo do uso. Sei que estou um pouco repetitiva nesta questão, mas é de suma importância que isto fique bem claro. Se você fizer o trabalho na parte de dentro do prato, este deverá ser usado apenas como peça decorativa.

BOA SORTE e SUCESSO NOS TRABALHOS!


Obrigada pela visita!!!