Translate

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

LICOR DE MORANGO CASEIRO

Fazer licor precisa de paciência e muita espera. Leva de 15 a 40 dias para ficar pronto de acordo com a receita escolhida.
LICOR CASEIRO; RECEITA COM MORANGO

Na época em que comecei esta receita os morangos estavam presentes nos supermercados, nas feiras e até mesmo em algumas esquinas onde eram vendidos por ambulantes.
Lindos, graúdos e vermelhos. E o cheiro... Ah o cheiro, simplesmente maravilhoso.
morangos
O problema é que estragam rapidamente sendo necessário o seu consumo o mais rápido possível. A solução é usá-los o mais rápido possível.

Assisti um curso na Eduk (http://www.eduk.com.br/) sobre licores artesanais, ministrado pela Clair Saraiva, e me lembrei que no passado (bem antes de ter um blog, antes mesmo de saber usar um computador) eu já tinha me aventurado nesta delícia com sucesso. O curso me deu inspiração e mais conhecimentos para novas incursões. Então, eu decidi que uma das caixinhas de morango iria virar licor. Procurei seguir a receita aprendida no curso, curso este que pode ser adquirido diretamente com a Eduk. Abaixo posto a maneira como eu fiz, com algumas fotos minhas para ilustração. 
LICOR CASEIRO

Antes, vamos a algumas considerações importantes sobre o tema e o seu preparo:

Higienização e esterilização do material:

É muito importante higienizar e esterilizar todo o material usado no preparo de licor ou conservas, mesmo se eles forem novos.
- Lave bem o vidro, garrafa, rolhas, colheres, facas, coador, funil e tudo o que será utilizado diretamente no preparo da receita com detergente neutro e água corrente. Em caso de garrafas use uma escovinha própria para lavar o seu interior.
- Enxague bem e deixe escorrer.
- Coloque 1 xíc/chá de álcool de cereal ou da bebida que será a base do licor (vodca, whisky, conhaque, aguardente) dentro do vidro ou da garrafa.
- Tampe e agite bem o recipiente.
- Escorra emborcado para baixo.

►NOTA: O álcool de cereal é obtido da destilação do milho, batata ou arroz, sendo próprio para consumo. Ele é incolor e praticamente inodoro realçando o sabor e aroma da fruta empregada. Nunca o substitua por álcool comum, pois este é impróprio para consumo humano por conter substância tóxicas, entre elas o metanol. Caso não encontre o álcool de cereais no mercado local, use alguma bebida destilada como a vodca, whisky, conhaque ou aguardente. Esta substituição pode ocasionar alteração no sabor, mas nada que venha a comprometer o resultado final. 

INGREDIENTES:
Para a maceração dos morangos: 1ª etapa
  • 300 g de morangos maduros e firmes
  • 500 ml de vodca de boa qualidade (ou 250 ml de vodca + 250 ml de conhaque. Dica: Caso use o  álcool de cereal a quantidade deverá ser a metade do indicado para as outras bebidas por ser mais forte sendo o seu teor alcoólico de 93 a 96 graus).
  • 1 c/sopa de vinagre para esterilizar as frutas
  • 1 xíc/chá de vodca ou álcool de cereal para esterilizar os utensílios (garrafas, vidros, rolhas...) 
Para a calda: 2ª etapa
  • 500 ml de água filtrada 
  • 500 g de açúcar branco refinado
Ingredientes opcionais:
  • corante alimentício vermelho
  • essência alimentícia de morango
MODO DE PREPARO:
Maceração e repouso dos morangos: 1ª etapa
  1. Lave e higienize com álcool todos os utensílios a serem utilizados, inclusive o balcão e suas mãos. 
  2. Lave os morangos em água corrente, retirando as folhas e cabinhos.
    MORANGO
  3. Coloque-os em uma vasilha com água e o vinagre e deixe-os em imersão por 5 minutos.
  4. Escorra os morangos e pique-os.
    MORANGO
  5. Passe os morangos para um vidro de boca larga e coloque a bebida. Dica: Os morangos devem ficar totalmente cobertos com a bebida.
    MORANGO
  6. Feche hermeticamente o vidro. Dica: se necessário vede a boca do vidro com filme plástico antes de rosquear a tampa.
    MORANGO
  7. Deixe descansar até soltar toda a cor e sabor dos morangos, em torno de 10 a 15 dias em local fresco e sem iluminação direta. Quando mais tempo melhor. Dica: Caso o vidro seja transparente envolva-o com papel alumínio para evitar a ação da luz e oxidação da cor.
    MORANGO
  8. Após o tempo de repouso os morangos devem perder a cor que passará toda para o líquido.

Calda: 2ª etapa
A calda de ser preparada no dia em que o líquido macerado será filtrado, e deverá ser usada apenas quando esfriar completamente.
  1. Junte a água filtrada e o açúcar em uma panela. Leve ao fogo alto até começar a ferver.
  2. Assim que iniciar fervura, abaixe o fogo e deixe cozinhar por aproximadamente 20 minutos sem mexer. O volume deverá ser reduzido para a metade. A calda deve estar rala.
  3. Deixe a calda esfriar natural e completamente antes de usar.
Filtragem e engarrafamento: 3ª etapa (conclusão do licor)
  1. Coloque a calda fria no vidro ou garrafa limpo e esterilizado, usando um pequeno funil para facilitar o trabalho. 
  2. Peneire e coe a maceração da primeira etapa. 
  3. Junte o líquido peneirado dos morangos no vidro ou garrafa com a calda. Dica: Use um funil com um pedaço de papel toalha ou um pedaço de tecido sintético.
  4. Se quiser adicione um pouco de corante vermelho para intensificar a cor. Pode-se acrescentar essência de morango (2 a 3 gts). 
  5. Engarrafe o licor e deixe descansar por 15 a 20 dias. Dica: evite local quente e com iluminação direta. Se necessário envolva a garrafa com papel alumínio para evitar o contato direto da luz.
Após o tempo de descanso passe o licor para uma licoreira de vidro ou cristal com o auxílio de um funil.
LICOR CASEIRO; RECEITA COM MORANGO

Sirva o licor de morango em tacinhas próprias, nas seguintes situações:
  • Antes das principais refeições (almoço ou jantar) para estimular o apetite.
  • Após o almoço ou jantar, no momento em que servirá o café com biscoitinhos ou bombons. Ele funcionará como um digestivo.
  • Como cortesia para agradar visitantes queridos. 
    LICOR
Variação: com esta mesma técnica você pode preparar licor usando outras frutas. Basta substituir o morango por kiwi, cerejas frescas, abacaxi, jabuticaba, 

Este licor ficou maravilhoso, nem muito doce e nem muito alcoólico. O aroma é suave e presente. Delicioso!!! E a cor... vejam como ficou linda.
LICOR
Agora peço licença aos meus visitantes, pois tenho que deliciar este maravilhoso licor. Afinal, depois de 40 dias de espera, eu mereço. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
Mil bjs carinhosos e até a próxima postagem.

►Relembrando: Os morangos são altamente nutritivos além de saborosos. São ricos em várias vitaminas (C, K, B2, B5, B6 e B9), minerais (cobre, iodo, potássio, magnésio e silício), omega-3 e fibras. Entretanto, são contra-indicados para quem sofre de cálculo renal (presença de ácido oxálico) e alguns casos de alergia e intolerância alimentar (4% dos adultos e 8% das crianças possuem alergia alimentar e o morango é o vilão mais frequente). Únicas contra-indicações que encontrei.


BOM APETITE!!!
Obrigada pela visita. Um abraço carinhoso a todos.
                   Teresa Cintra

10 comentários:

  1. Teresa, que maravilha de receita! Tudo muito bem explicado. Me alegro que sejas pernambucana como eu, mas estou muito longe da minha terra, minha linda cidade de Recife. Vivo na Espanha na cidade de Salamanca. Te queria perguntar, se para fazer licor com frutos secos sigo o mesmo passo? Tenho muitas nozes. Outra coisa, a aguardente que tenho é a nossa Pitú, e creio que o teor alcoolico e de 40º, uso a mesma quantidade? Desde muito obrigada. E viva a nossa naçao Pernambuco!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Elineide.
      Na realidade eu sou mineira, mas vivo tanto tempo em pernambuco que me sinto da terrinha. Meu marido e filhos é que são pernambucanos nativos.
      Sim, você pode usar a Pitú. É fácil encontrar na Espanha? Ou pode usar vodca, álcool de cereais... Com relação ao teor, só provando. Se você achar que ficou muito forte, faça um pouco mais de calda para diluir mais. Nunca fiz licor com frutos secos, vou pesquisar sobre o assunto.
      Assim que tiver alguma coisa te aviso.
      Um abraço bem carinhoso.

      Excluir
  2. Bom dia. Adorei a forma que você explicou o processo de produção do licor. Ainda não fiz mas farei em breve. O que eu gostaria de saber é se você tem noção do tempo de validade do licor após pronto. Posso guarda-lo por alguns meses? Podes me ajudar nesse aspecto esclarecendo essa dúvida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, teacher!
      Licores a base de aguardente (vodca, cachaça...) ou álcool de cereal possuem validade longa. O álcool é um bom conservante. Com o tempo o sabor apura e a qualidade fica melhor.
      O importante é que a garrafa esteja bem fechada (para não evaporar o álcool) e em local fresco, seco e sem luz direta. A presença de oxigênio além de evaporar o álcool, pode alterar o sabor final. A luz pode turvar e escurecer a cor do licor.
      Mas, se você fizer algum licor a base de leite, ovos, leite condensado ou creme de leite a validade vai de 6 a 12 meses fora da geladeira.
      Naturalmente, que a qualidade dos produtos e cuidados higiênicos no preparo e engarrafamento irão contribuir para uma maior ou menor validade do produto.
      Espero ter esclarecido suas dúvidas.
      Caso vc faça o licor, me mande algumas fotos para colocar na atualização do artigo junto com o seu nome (se vc quiser, é claro).
      Um abraço e volte sempre.

      Excluir
  3. Olá Teresa,
    Posso usar morango congelado?
    Está bem difícil de conseguir o fresco.
    Atenc.,
    Ayla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ayla.
      Para ser sincera nunca usei fruta congelada para fazer licor. Normalmente, ao ser descongelada a fruta fica amolecida e acho que isto pode comprometer o resultado final, deixando o licor turvo. O sabor da fruta fresca também é mais intenso que da fruta congelada.
      Mas, como nunca testei, eu não tenho certeza.
      Teste com uma pequena quantidade e veja o resultado final.
      Boa sorte e nos conte o resultado final.
      bjs.

      Excluir
  4. Oi Teresa! Fui tentar fazer minha primeira calda e ela ficou amarela... olhando a sua vi que também ficou... já vi receitas que a calda ficou bem transparente, já tentei trocar a marca do açúcar mas não resolveu, você sabe como obter uma calda transparente?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O açúcar indicado para a calda de licor é o refinado branco. O cristal ou outros pode escurecer mais a calda.
      Mas, como vc viu, a minha calda tb fica amarelada.
      Fiz uma pesquisa na internet e vi link abaixo que ensina a preparar uma calda bem clarinha. O segredo é não deixar o açúcar caramelar.
      Dê uma olhada, talvez seja o que vc procura.
      Um abraço e obrigada pela visita.
      http://www.momentodaarte.com.br/cursos/licores-caseiros/?aula=Como-fazer-Calda-de-acucar-para-Licor&t=1&r=93

      Excluir
  5. Teresa Cristina, é a minha primeira tentativa de fazer o Licor de Morango, Entretanto me confundi e coloquei Um Litro de Álcool de Cereias para Um Kilo e 300 Gramas de Morango, deixei macerar por 20 Dias, estou achando que vai ficar muito forte o teor de Álcool, pergunto quanto devo usar de Açúcar e agua para para fazer a calda, ou essa receita vai dar errado, ou se eu abrir a tampa do vidro o álcool pode evaporar um pouco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Diamantino.
      É natural na primeira vez a gente se confundir com medidas.
      Na minha receita eu usei apenas 300g de morangos para 500ml de vodca. No caso de usar álcool de cereais eu deveria colocar apenas 250ml.
      Mas, se você usou 1,300 kl de morangos, sua quantidade foi mais do que a minha. Um pouco mais de 4 vezes a quantidade que usei de morango. Então, se eu deveria usar 250 ml de álcool de cereais, você teria que usar pelo menos 4 vezes esta medida. O que corresponde a um litro.
      Isto significa que em caso de você ter usado realmente "Um Kilo e 300 Gramas de Morango" sua proporção de álcool está correta. Não precisa fazer nada para corrigir.
      Com relação a calda, considerando a sua quantidade de morangos e álcool ser 4 vezes a minha, é só multiplicar por 4. Assim, você deverá usar 2 Kg de açúcar com 2 litros de água.
      Para ajustar a receita ao seu paladar (alguns preferem licor mais doce, outros menos) coloque 2/3 da calda no recipiente em que fará a mistura. Junte o líquido coado dos morangos. Prove. Se não estiver doce o suficiente, acrescente o restante da calda. Tenha em mente que o líquido ainda deverá descansar por um tempo. Siga o restante da receita como ela se apresenta.
      Use corante alimentício vermelho para acentuar a cor se desejar. Não abuse para não ficar muito artificial e desvalorizar o seu trabalho.
      Normalmente, na proporção que coloquei acima não fica doce. Mas, cada um tem um paladar, então... vá com calma. Na segunda vez você se sentirá mais seguro.
      É bastante licor.
      Espero ter ajudado, depois nos conte o resultado final.
      Um forte abraço e obrigada pela visita.

      Excluir

Queridos visitantes deixem o seu comentário que irei responder o mais rápido possível.
Caso vocês fizerem alguma receita ou artesanato do meu blog, enviem as fotos para o e-mail: thecintra@gmail.com. Vou colocá-las na atualização do link correspondente.
Um forte abraço!