Translate

sábado, 23 de agosto de 2014

ARROZ DE BRÓCOLIS

Hoje eu resolvi postar uma receita bem básica e trivial: Arroz de brócolis.
Apesar de ser uma receita bem fácil e prática, muita gente tem receio de fazer com medo de não acertar. Mas, a verdade é que não há como errar. 

Existem duas maneiras básicas de se fazer o arroz com brócolis.
1ª - A primeira é cozinhando o arroz separado da maneira usual. À parte, cozinhe os brócolis em vapor por 7 minutos e escorra. Pique o brócolis bem miudinho. Depois faça um refogado usando azeite, alho, sal e os brócolis cozidos no vapor e picadinho. Depois é só juntar os brócolis refogados com o arroz. Misture bem e sirva em seguida. Super simples e sem complicação.
ARROZ
2ª - A segunda maneira é cozinhando os dois ingredientes juntos. Mas, neste caso os brócolis não devem ser adicionados junto com o arroz logo que este for usado. Ele será acrescentado quando o arroz estiver iniciado seu cozimento. 


Como a primeira receita é por si só elucidativa, irei detalhar apenas a segunda maneira de se fazer o arroz de brócolis. Existem algumas variantes que podem ser feitas nesta opção que irei detalhar no modo de preparo.  Sugiro que você leia toda a receita primeiro e vai entender o que acabei de explicar. Escolha a forma que melhor lhe agradar.

INGREDIENTES:
  • 2 xíc/chá de arroz 
  • 4 xíc/chá de água quente ou caldo de legumes
  • 1 maço de brócolis
  • 2 dentes de alho (ou mais)
  • 1/2 cebola picada ou ralada
  • Sal a gosto
  • 1 c/chá de bicarbonato de sódio (opcional)
MODO DE PREPARO:
  1. Lave e escorra o arroz. Reserve.
  2. Lave os brócolis, escorra e seque.  Pique o brócolis. Dica: Você pode usar as flores e as folhas. O talo também pode ser aproveitado, mas neste caso esta parte deverá cozinhar desde o momento que adicionar o arroz por ser mais dura (retire a pele do talo com uma faca e pique-o). Pique tudo bem miudinho. Você pode deixar alguns boques de flores para cozinhar inteiros e usá-los depois para enfeitar o prato.
  3. Deixe os brócolis reservado enquanto começa o arroz. Dica: algumas pessoas gostam de adicionar bicarbonato de sódio ao brócolis para manter o verde bem vivo e evitar de escurecer durante o cozimento. Este passo é opcional. Lembre-se que o sódio, em qualquer forma de apresentação, não é recomentado para quem tem hipertensão. 
  4. Em uma panela coloque o azeite e refogue o alho em fogo alto.
  5. Junte a cebola e deixe que a mesma fique algo transparente e macia. Djca: não deixe a cebola torrar.
  6. Acrescente o arroz que já deve estar lavado e seco. Refogue tudo até que o arroz comece a estalar levemente.
  7. Despeje a água quente (ou caldo de legumes) sobre o arroz. Dica: Algumas pessoas batem a água com as folhas dos brócolis no liquidificador e temperam com um cubo de caldo de legumes ou galinha. Aquecem esta água e a usam para cozinhar o arroz. É uma boa forma de aproveitar ao máximo esta verdura em sua totalidade.
  8. Diminua o fogo e deixe cozinhar com a tampa entreaberta por 5 minutos.
  9. Antes que o arroz termine de secar a água e cozinhar (após os 5 minutos iniciais), junte os brócolis, mexa tudo e aguarde o término do cozimento do arroz. Verifique e corrija o sal. Dica: O arroz estará cozido quando toda a água secar. Se a sua panela for de fundo grosso (fundo triplo), tenha cuidado para não queimar o arroz. Estas panelas são maravilhosas, mas continuam o processo de cozimento mesmo depois do fogo desligado.
  10. O ideal é que o arroz fique "al dente". Dica: Para esta receita eu gosto de usar o arroz parabolizado, fica mais soltinho. 
Sirva o arroz quente para acompanhar carnes vermelhas, aves ou peixes.
Este é um prato simples e muito nutritivo que vale a pena fazer. Uma ótima forma de oferecer verduras para as crianças e adolescentes.
A quantidade de brócolis pode ser aumentada de acordo com o gosto e aceitação dos comensais. Aqui em casa eu tenho que ir devagar. Um gosta, o outro não, o outro mais ou menos... kkkkkkkkkk. E a gente vai dosando e acostumando o paladar aos poucos.
BOM APETITE!!!
Obrigada pela visita. Um abraço carinhoso a todos.
                   Teresa Cintra

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

BATATA ASSADA RECHEADA COM FRANGO E QUEIJOS

Uma boa guarnição e acompanhamento para carnes são as batatas recheadas.
Sozinhas, podem ser a opção de um jantar leve, rápido e saboroso.

INGREDIENTES:
  • 4 batatas inglesa grandes
  • 4 c/sopa de requeijão cremoso
  • 4 c/sopa de creme de leite
  • 1/2 xíc/chá de frango cozido e desfiado. Dica: pode ser aquele franguinho assado que sobrou do almoço.
  • 1 a 2 dente de alho amassado ou picado
  • 1/2 cebola picada ou ralada
  • 2 c/sopa de azeite
  • Sal e pimenta do reino a gosto. Dica: pode-se usar pimenta do reino branca.
  • Temperos a gosto (cebolinha, alecrim, manjericão...) - opcional
  • 100g de queijo mussarela ralado no ralo grosso.
  • Queijo parmesão ralado o suficiente.
  • Papel alumínio 
  • Azeite a gosto

MODO DE PREPARO:
1.  Lave bem as batatas. 
2.  Descasque-as ou não. Eu optei por não descascá-las.
3.  Envolva cada batata em papel alumínio e coloque-as em uma assadeira. 
4.  Leve ao forno a 180ºC por 30 a 40 minutos.
5.  Prepare o recheio: 
        - Em uma panela coloque o azeite e o alho. Refogue um pouco e junte a cebola.
        - Acrescente a carne do frango desfiado e refogue rapidamente.
        - Tempere a gosto e corrija o sal.
        - Tire do fogo e acrescente o requeijão e o creme de leite. Misture bem e reserve.
6.  Retire as batatas do forno e abra o papel alumínio com cuidado. Dica: as batatas serão servidas no próprio papel alumínio. Tome cuidado para não rasgá-lo.
7.  Abra as batatas ao meio sem separar as duas metades. 
8.  Tire um pouco do miolo da batata, tomando cuidado para não cavar demais e furá-las. Dica: Junte o purê retirado da batata ao recheio reservado.
9.   Espalhe um pouco de queijo mussarela sobre as batatas.
10. Coloque o recheio por cima.
11. Polvilhe com queijo parmesão ralado
12. Retorne as batatas ao forno pré-aquecido para gratinar por aproximadamente 20 minutos. Dica: Deixe as batatas montadas até este passo e só asse-as perto de servir. As batatas devem ser servidas quentes e ficar requentando este tipo de batata resseca o recheio.
BATATA ASSADA RECHEADA COM FRANGO E QUEIJOS
13. Retire-as do forno, arrume no prato em que serão servidas mantendo o papel alumínio.
14. Deite um fio de azeite sobre as batatas e sirva bem quente.

Hummmmm, receita simples e deliciosa.
SERVIDOS?

Você pode mudar o recheio a seu gosto. Experimente trocar o frango por bacalhau, linguiça calabresa picadinha, atum ou o que mais gostar. 
Uma boa pedida é fazer um mix apenas com queijos. Gorgonzola, provolone, queijo minas padrão. Faça a sua mistura. O importante é servir quente. 

BATATA ASSADA RECHEADA COM FRANGO E QUEIJOS

BOM APETITE!!!
Um abraço carinhoso a todos os meus amigos e visitantes,
                   Teresa Cintra


segunda-feira, 18 de agosto de 2014

TORTA DE LIMÃO COM GANACHE

Em minha casa todos adoramos torta de limão. Sempre faço da forma mais simples. Sem a cobertura de claras, que por aqui ninguém gosta. Apenas decorada com raspas de limão.
Desta vez resolvi incrementar um pouco. Fazer algo diferente para sair do comum.
Não tive dúvidas. Fiz uma cobertura de ganache de chocolate. Adoro incluir chocolate em minhas sobremesas. 
TORTA DE LIMÃO
Ficou M A R A V I L H O S O !!!! 
D I V I N O!!!
BOM D+!!!
O repeteco foi certo. Impossível comer um pedacinho só. Todos nós repetimos. Adeus regime, rsrsrsrsrsr.
TORTA DE LIMÃO
Já postei a receita da massa e do recheio anteriormente, mas irei repeti-la. O recheio, desta vez, fiz apenas a metade. Afinal também irá levar a ganache.
INGREDIENTES:
MASSA:

- 200gr de biscoito maisena ou maria
- 125gr de manteiga ou margarina (meio tablete)
- 2 c/sopa de chocolate em pó a 50% (opcional)
RECHEIO:

- 1 latas de leite condensado
- 1 caixa de creme de leite
- Suco de 2 limões.
- Raspas de limão a gosto
COBERTURA: GANACHE DE CHOCOLATE
 GANACHE
- 300 g de chocolate em barra meio amargo (nobre ou fracionado)
- 200 ml de creme de leite
- 1 c/chá de essência de laranja ou baunilha.
MODO DE PREPARO:
MASSA:
  1. Triture o biscoito no liquidificador.
  2. Passe a farinha do biscoito para um recipiente e misture a manteiga até formar uma massa. Dica: fica como uma farofa úmida. É neste ponto que você deve acrescentar o chocolate. É opcional. Eu fiz sem o chocolate em pó.
    massa de biscoito para torta
  3. Forre a lateral e fundo de uma forma desmontável de 24 cm de diâmetro com a massa. Não precisa untar a forma. Gosto da massa fina, mas isto é uma questão de gosto pessoal. Dica: Gosto de deixar uma parte sem massa para mostrar o recheio. Eu acho que fica um efeito legal.
  4. Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC até assar. Leva aproximadamente 10 a 15 minutos dependendo do forno. Tenha cuidado para não queimar. Dica: Assim que sentir cheiro de biscoito retire do forno e deixe esfriar. A massa fica macia ao sair do forno, mas endurece depois que esfria. Se você esperar que ela seque no forno irá queimá-la.
    Massa de biscoito para torta
  5. Reserve a massa e prepare o recheio.
RECHEIO:
  1. Coloque no copo do liquidificador o creme de leite, o leite condensado, o suco dos limões, um pouco de raspa de limão (à gosto). Bata bem até ficar bem homogênea. 
    TORTA DE LIMÃO
  2. Despeje sobre a massa assada e fria.
    TORTA DE LIMÃO
  3. Cubra a forma com filme plástico e leve à geladeira para firmar.
COBERTURA: GANACHE DE CHOCOLATE
  1. Coloque o creme de leite em uma panela de fundo grosso.
  2. Leve ao fogo e assim que levantar fervura, desligue.
    GANACHE
  3. Junte a essência de laranja ou baunilha e misture. Dica: eu usei a de laranja para deixar um sabor cítrico e combinar com o recheio. Mas, com a essência de baunilha também fica muito boa. Se a torta for ser consumida apenas por adultos, você pode acrescentar um pouco de licor de sua preferência.
    GANACHE
  4. Acrescente sobre o creme de leite quente o chocolate em barra picado.
    GANACHE
  5. Deixe um minuto e misture com uma espátula.
     GANACHE

     GANACHE
  6. Quando a mistura estiver bem homogênea e brilhante, despeje ainda morna ou em temperatura ambiente sobre o recheio já firme e gelado
     GANACHE

  7. Deixe esfriar bem, cubra a forma com filme plástico e leve à geladeira para firmar.
  8. Desenforme quando estiver bem firme em um lindo prato de servir.
  9. Se quiser decore com raspas de chocolate ou raspas de limão no momento de servir. Eu deixe assim mesmo com a cobertura e a lateral da torta à mostra.
Sirva gelada como sobremesa, lanche, em festas ou apenas pelo delicioso prazer de comer algo especial.
TORTA DE LIMÃO
O sabor cítrico combina perfeitamente com o chocolate. 
E o visual fica convidativo a uma mordida, ou mais.  
TORTA DE LIMÃO
Que tal uma fatia desta delícia? 
TORTA DE LIMÃO
Não deixem de fazer e me mandar uma foto da torta feita por vocês. Eu vou ficar aguardando.

Dica para festas: faça mini tortinhas de limão com ganache. Será sucesso garantido.


Espero que vocês tenham gostado da receita de hoje.


BOM APETITE!!!

Obrigada pela visita. Um abraço carinhoso a todos.
                   Teresa Cintra

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

BOLO DE BANANA

Tem fruta mais nacional que a banana? Rica em água, fibras, potássio, vitaminas C e A, ela faz parte da dieta de todas as famílias brasileiras. Não importa se consumida como fruta in natura, doces, bolos, balas, saladas de frutas, banana chips, cartola e outras receitas. Quem não gosta de "nego bom"?
As bananas nanicas e prata são as mais consumidas aqui no Brasil.
Recebi esta receita de uma sobrinha-afilhada bem querida, que a fez, provou e aprovou. Obrigada, Cecília!
Como eu tinha algumas bananas já bem maduras, também resolvi experimentar e fazer esta receita. Apenas acrescentei canela na massa.
BANANA; bolo de fruta; sobremesa com banana; receita de liquidificador
No início fiquei desconfiada, achando que a receita estava errada. No lugar de farinha de trigo é feita com farinha de rosca. Para quem não sabe farinha de rosca é o mesmo que farinha de pães e é feita de pães duros. Pode ser feita em casa ou comprada em panificadoras.

Esta receita não leva leite e nem manteiga. Ótima para quem não pode ou não quer consumir laticínios.

Agora vamos deixar de conversa e passar a receita e o seu preparo:
INGREDIENTES:
  • 3 ovos
  • 3 bananas nanicas bem maduras
  • 1/2 xíc/chá de óleo
  • 2 xíc/chá de açúcar refinado ou cristal
  • 2 xíc/chá de farinha de rosca
  • 1 c/sopa de fermento em pó (químico)
  • 1 c/chá bem cheia de canela em pó (opcional)
 BANANA
MODO DE PREPARO:
  1. Pré-aqueça o forno a 180ºC.
  2. Pique as bananas e coloque no liquidificador. Dica: Eu usei banana prata bem madura. Apesar de ser um pouco menos doce que a nanica a substituição não comprometeu o bolo.
  3. Junte os ovos inteiros e o óleo. Bata um pouco.
    BANANA
  4. Acrescente o açúcar e continue batendo por mais 5 minutos. Reserve.
  5. Em uma vasilha coloque a farinha de rosca, o fermento e a canela em pó. Dica: a canela não faz parte da receita original. Como eu adoro a combinação do sabor da banana com a canela, resolvi acrescentar. Não apenas o sabor fica maravilhoso como também o aroma é mágico.
  6. Despeje a mistura de bananas sobre a mistura da farinha. Misture com uma colher ou um fouêt.
  7. Misture com uma colher ou um fouêt. Dica: este bolo é bem simples de fazer, mas é importante a primeira parte no liquidificador para poder ficar uma massa bem homogênea.
    BANANA
  8. Coloque a massa em uma forma de anel. Dica: A massa cresce bem, então não encha totalmente ou irá transbordar durante o cozimento. Eu usei uma forma de anel de silicone e 8 forminhas de cupcake também de silicone. Por isto não untei. Na hora de desenformar grudou um pouco. O bolo fica bem molhadinho. Tive que tirar com bastante calma. Se sua forma for de alumínio não se esqueça de untar e enfarinhar. 
  9. Asse em forno pré-aquecido por 15 a 20 minutos a 180ºC. Dica: O bolo fica levemente dourado. De acordo com o forno o tempo pode ser um pouco maior. No meu forno foi um pouco mais de 30 minutos. Sugiro que você faça o teste do palito. O palito deve sair seco, mas algo pegajoso. Isto porque, como eu já disse anteriormente, o bolo fica bem molhadinho.
  10. Retire do forno e deixe esfriar antes de desenformar.
  11. Decore a gosto ou nem decore.
  12. Sirva como sobremesa ou com um cafezinho bem quentinho. Dica: Também fica muito bom com chá de maça e canela.
Adorei a receita. Você sente a banana e a canela. Sem contar o aroma que impregnou toda a cozinha. Maravilha. Receita aprovadíssima. Fácil de fazer, com poucos ingredientes e super saborosa.
O bolo maior polvilhei com açúcar de confeiteiro e canela. Vou deixar para o lanche da tarde.
BANANA; bolo de fruta; sobremesa com banana; receita de liquidificador
Os menores, os bolinhos (tamanho cupcake), eu cobri com doce de leite. Usei o bico pitanga pequeno e um saco de confeiteiro. Se preferir apenas polvilhe açúcar com canela como no bolo maior. Eles poderão ser servidos como sobremesa.
BANANA; bolo de fruta; sobremesa com banana; receita de liquidificador
Agora me deem licença que tenho um bolinho para degustar com um cafezinho que terminei de passar. Afinal, eu tenho que provar para poder repassar a receita com segurança, né? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
BANANA; bolo de fruta; sobremesa com banana; receita de liquidificador
Servidos? 
BANANA; bolo de fruta; sobremesa com banana; receita de liquidificador
Super fácil de fazer e delicioso de comer. Não deixem de experimentar. Eu tenho certeza que esta será uma daquelas receitas que ficam no caderninho da gente, só aguardando as bananas amadurecerem.


Na próxima vou tentar com maçãs, deve ficar muito bom. Mas, será que dá certo? Afinal a maça tem menos água que a banana. Ou não? Hummm, só tentando. Aguardem.

Beijocas!
BOM APETITE!!!
Obrigada pela visita. Um abraço carinhoso a todos.
                   Teresa Cintra   

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

BOLO BICOLOR - CHOCOLATE COM BAUNILHA

Olá meninas e meninos. 
Como foram de final de semana e dia dos pais?
Nesta época eu sempre fico meio dividida. De um lado sentindo a ausência de meu pai e do outro curtindo o pai maravilhoso e participativo que é o meu marido, pai de meus dois filhos.
Então para o dia dos pais, estava totalmente sem saber qual sobremesa servir. Queria algo diferente e ao mesmo tempo simples, sem muita dificuldade na execução. Seria um almoço aqui em casa mesmo, só para nós quatro. É uma época que todo mundo tem o seu cantinho para correr e se aconchegar. 
Sair para almoçar fora estava totalmente riscada de nossa programação. Nestas datas, como dia dos pais, dia das mães, natal, ano novo... os restaurantes estão lotados com longas filas de espera. O atendimento fica prejudicado e lento. Não, não e não. Resolvemos imediatamente que o almoço seria em casa. Nossos filhos amaram a ideia não sairmos. Nunca vi dois jovens tão caseiros. E vocês acham que reclamo? Nada de nadinha. Adoro ter toda a família emboladinha dentro de casa. Sei que um dia isto irá acabar, mas até lá curto bastante.
Primeiro eu e meu marido decidimos o almoço que foi bem simples: Ninhos recheados ao forno (http://teresacintra.blogspot.com.br/2014/08/ninhos-recheados-ao-forno.html) e filé fatiado com molho de vinho do porto e champions. Na parte dos pratos salgados meu marido quando não é o "cheff" e o meu primeiro auxiliar.
Depois, sozinha eu decidi a sobremesa: BOLO BICOLOR - CHOCOLATE COM BAUNILHA, o recheio um creme de baunilha e a cobertura buttercream de chocolate. Chocolate porque é a paixão daqui de casa e baunilha para suavizar um pouco. Ultimamente estamos comendo muito chocolate por aqui. 
BOLO CHOCOLATE COM BAUNILHA; BUTTERCREAM DE CHOCOLATE; Calda de cítrica para bolo; sobremesa chocolate e baunilha.
A receita do bolo eu usei uma de Joyce Galvão do programa Confeitaria da FoxLife. Ela fez um bolo Napolitano com esta receita. Irei usar a mesma massa, só que não vou fazer a parte de morango. Como já fiz recentemente uma receita de torta de chocolate branco com morango (http://teresacintra.blogspot.com.br/2014/08/torta-de-chocolate-branco-com-morango.html), quero variar um pouco. Farei duas partes de chocolate e uma de baunilha. 
O recheio é um que adoro feito com leite condensado e chocolate branco.
INGREDIENTES:
BOLO:
  • 1/2 xíc/chá de manteiga sem sal em ponto de pomada (amolecida sem estar derretida)
  • 2 xíc/chá de açúcar
  • 3 e 1/2 xíc/chá de farinha de trigo sem fermento
  • 1 pitada de sal
  • 1 c/chá de fermento
  • 1/2 xíc/chá de água gelada
  • 4 claras em neve
CARGA PARA AROMATIZAR E COLORIR A MASSA DO BOLO:
  • 1 e 1/2 xíc/chá de chocolate em pó a 50% ou 1 xíc/chá de cacau em pó a 100% (quantidade suficiente para saborizar duas partes da massa)
  • 1 c/chá de essência de baunilha
CALDA PARA MOLHAR O BOLO:
  • Calda de cítrica: 1/2 xíc/chá de suco de laranja + 1/2 xíc/chá de açúcar + raspas de laranja ou limão + essência de laranja ( 6 a 8 gts) + 1 pau de canela (opcional). Dica: você pode usar outra de seu gosto, o importante é ser clara.
  • Calda de chocolate: 1/2 xíc/chá de leite quente + 3 colheres de chocolate em pó + adoce a gosto.
RECHEIO:
  • 1 lata de leite condensado (395 g)
  • 1 caixinha de creme de leite (200g)
  • 1 lata de leite (medir na lata de leite condensado)
  • 3 c/sopa de amido de milho
  • 2 gemas sem película
  • 200g de chocolate branco em barra picado
  • 1 envelope de gelatina sem sabor (12g)
  • 5 c/sopa de água
  • 1 c/chá de extrato ou essência de baunilha.
COBERTURA: BUTTERCREAM DE CHOCOLATE 
Dica: Eu usei uma receita da Sílvia Serrano Dias do grupo Cakes e tal do facebook (https://www.facebook.com/groups/cakesetal/). Apenas acrescentei o chocolate em pó.
  • 200 g de manteiga em ponto pomada
  • 90 g de chocolate em pó com 50% de cacau (1 xíc/chá)
  • 400 g de açúcar de confeiteiro 
  • 2 c/sopa de leite
  • 1 c/chá de extrato ou essência de baunilha
MATERIAL COMPLEMENTAR:
  • Batedeira
  • Espátula
  • Fouet (fuê)
  • 3 formas de fundo removível de 18 cm de diâmetro ou aro (eu usei o aro e fiz o fundo com papel manteiga. Neste caso é necessário o tabuleiro para apoiar os aros).
  • Papel manteiga
  • Tabuleiros para apoiar os aros (caso use aro)
  • Manteiga para untar.
MODO DE PREPARO:
BOLO:
  1. Prepare as formas ou os aros: Se for usar formas, forre as bases com papel manteiga e unte suavemente. Caso use os aros (o que foi o meu caso) corte quadrados de papel manteiga, maiores do que a base, e enrole-os no aro de tal modo que fique bem preso. Apóie os aros em um tabuleiro para não derramar o seu conteúdo. As formas desmontáveis não precisam do tabuleiro.
  2. Pré-aqueça o forno a 180ºC.
  3. Peneire junto a farinha de trigo, o sal e o fermento. Reserve.
  4. Na batedeira, bata as claras em ponto de neve. Reserve.
  5. Bata a manteiga com o açúcar até formar um espécie de farofa úmida. Dica: Não precisa de batedeira. Use um fouêt ou colher.
  6. Na mistura da manteiga acrescente alternadamente os ingredientes secos e a água gelada. Misture a cada aquisição usando uma colher ou um fouêt. 1/3 da farinha, metade da água, 1/3 da farinha, o resto da água e a última parte de farinha.
  7. Junte à mistura as claras em neve em duas etapas. Coloque primeiro a metade, mexendo com cuidado de baixo para cima e envolvendo toda a clara com a massa. Junte a outra metade das claras em neve e misture da mesma maneira.
  8. Divida a massa igualmente em 3 porções. 
  9. Saborize duas porções da massa com o chocolate em pó. Dica: Divida o chocolate em dois ou misture duas porções de massa e depois divida a mistura em dois aros ou duas formas.
  10. Na terceira porção acrescente o estrato ou essência de baunilha. Dica: você pode saborizar esta parte com essência de laranja ou raspas de laranja ou limão (Taiti ou siciliano).
  11. Despeje as massas prontas e saborizadas em seus aros ou formas respectivos.
  12. Asse no forno pré-aquecido por 20 minutos ou até que o palito de dente saia limpo. A parte de baunilha fica bem clarinha.
  13. Deixe esfriar na forma antes de desenformar.
CALDA PARA MOLHAR O BOLO:
- Calda cítrica: (Dica: ao invés de usar canela, use apenas a laranja e raspas de limão e essência de laranja)
  1. Misture os ingredientes e leve ao fogo. 
  2. Desligue quando começar a ferver. A calda deve ficar ralinha.
  3. Espere esfriar.
  4. Coloque em um recipiente com bico para facilitar a aplicação.
  5. Conserve em geladeira. Dura aproximadamente uma semana se estiver sob refrigeração. Não congelar. 
- Calda de chocolate:
  1. Misture os ingredientes.
  2. Espere esfriar e empregue.
RECHEIO:
  1. Em uma panela coloque o leite condensado, o creme de leite, as gemas (sem películas) dissolvidas em meia lata de leite, o amido de leite dissolvido na outra meia lata de leite. Dica: use a lata de leite condensado para medir o leite. Dissolver previamente tanto a gema como o amido de milho evita de formar grumos no creme.
  2. Leve a panela ao fogo brando até formar um creme grosso. Dica: misture constantemente com uma espátula. 
  3. Desligue o fogo e acrescente o chocolate branco picado. Mexa para derreter o chocolate com o calor do creme e incorporar bem.
  4. Junte a essência. Dica: se você preferiu fazer o bolo branco com sabor de laranja mude para essência de laranja, desta forma o seu bolo bicolor será chocolate e laranja.
  5. Hidrate e dissolva a gelatina na água e depois em banho-maria.
  6. Junte a gelatina ao creme e mexa bem até incorporar totalmente e ficar uma mistura homogênea.
  7. Cubra o creme com um plástico filme e espere esfriar. Deixe na geladeira o tempo suficiente apenas para firmar o creme e poder usá-lo como recheio. Não deixe a gelatina firmar completamente.
COBERTURA: BUTTERCREAM DE CHOCOLATE
  1. Peneire os ingredientes secos separados. Reserve.
  2. Na batedeira bata a manteiga até ficar cremosa.
  3. Misture o chocolate em pó. Dica: para evitar de levantar o pó, misture inicialmente com uma espátula e depois bata na batedeira em velocidade baixa.
  4. Acrescente o açúcar de confeiteiro aos poucos batendo sempre em velocidade baixa. Dica: reserve 1/2 xíc/chá para colocar apenas no final do preparo, caso você queira que o buttercream fique mais firme.
  5. Junte o leite e a essência e bata até ficar um creme homogêneo e fofo.
  6. Caso o buttercream fique mole, o que pode acontecer por conta do calor, deixe um pouco na geladeira par firmar. Eu não recomendo colocar mais açúcar. O creme já é bem doce.
Dica: Inicialmente eu coloquei apenas 1/2 xíc/chá de chocolate em pó, mas achei o gosto "tímido" e a cor muito pálida e acrescentei mais 1/2 xíc/chá. Sugiro que vocês coloquem de uma vez toda a quantidade de chocolate da receita.
MONTAGEM DO BOLO:
  1. Coloque na mesa de trabalho os bolos, o recheio  e as caldas. Tudo deve estar frio.  
  2. Cubra com papel manteiga o prato onde fará a montagem do bolo. Dica: caso o seu aro tenha base, não precisa usar o prato. Basta colocar o papel manteiga na base da forma.
  3. Coloque o aro mais alto sobre o prato. 
  4. Não há necessidade de cortar os bolos. Eles foram assados no tamanho necessário. 
  5. Coloque o primeiro bolo de chocolate dentro do aro. Fure com um garfo e molhe com a calda de chocolate. Deixe infiltrar um pouco. Despeje a metade do recheio sobre o primeiro bolo. Nivele com uma colher ou espátula. Coloque o bolo branco de baunilha (ou laranja) sobre o recheio. Prense um pouco. Fure com o garfo e molhe com a calda de laranja ou outra de seu gosto (importante ser clara). Despeje o restante do recheio. Nivele com uma colher ou espátula. Coloque o segundo e último bolo de chocolate. Prense um pouco e molhe com a calda de chocolate.
  6. Cubra o último bolo com filme plástico. Coloque um pequeno prato em cima para ajudar a prensar o bolo.
  7. Deixe o bolo pelo menos 12 horas na geladeira para o recheio firmar bem. Dica: o ideal é fazer o bolo e sua montagem na véspera de decorar. Desta forma ele irá descansar e firmar por toda a noite.
DESMONTANDO E DECORANDO O BOLO:
Nesta etapa você tem duas alternativas. Ou desmonta o bolo direto sobre o prato que irá servir ou prepara uma placa de isopor (ou papelão envolto em plástico filme) com a medida do bolo para servir de base (veja a foto abaixo).

Eu escolhi a primeira opção e desmontar o bolo direto no prato de servir. Escolhi para isto um lindo prato que ganhei de minha sogra e uso apenas em ocasiões especiais como o dia dos pais.
  1. Passado o tempo de firmar o recheio, retire o bolo do aro. Dica: para facilitar a retirada do bolo, passe uma faquinha fina e bem afiada na lateral de todo o aro. Coloque um prato sobre o bolo e vire em um só movimento. Puxe o aro com cuidado retirando o bolo.
  2. Passe uma camada fina de cobertura sobre o bolo, deixe firmar um pouco. Dica: Eu usei uma espátula para espalhar a primeira camada. Como eu usei o aro em que assei o bolo e este encolhe um pouco, o recheio espalhou sobre praticamente toda a lateral, e não precisei de passar a cobertura na lateral do bolo. 
  3. Coloque o buttercream em um saco de confeitar com bico de confeitar pitanga. Dica: O ideal é usar um bico grande. O meu era médio e não ficou o efeito que queria. Mesmo assim, eu gostei do efeito final. É claro que se você tiver mais habilidade com o saco de confeitar irá conseguir algo muito mais bonito e sofisticado. Eu sei que terei que treinar muitoooooo mais. Meu marido e filhos acham que eu sou muito crítica com as minhas coisas. Humm, talvez. O que acham? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
    BOLO CHOCOLATE COM BAUNILHA; BUTTERCREAM DE CHOCOLATE; Calda de cítrica para bolo; sobremesa chocolate e baunilha.
  4. A decoração final é livre. Solte sua imaginação e faça o que lhe agradar. 
    BOLO CHOCOLATE COM BAUNILHA; BUTTERCREAM DE CHOCOLATE; Calda de cítrica para bolo; sobremesa chocolate e baunilha.
Meu prato tem um passarinho na base e outro no próprio prato. Este último ficou com a cara enterrada no bolo. Parece que já começou a comer. Não foi intencional, mas ficou legal.
BOLO CHOCOLATE COM BAUNILHA; BUTTERCREAM DE CHOCOLATE; Calda de cítrica para bolo; sobremesa chocolate e baunilha.
Acho melhor abrir logo este bolo. Além do passarinho, as formigas já o descobriram. Daqui a pouco não vai ter nadinha. kkkkkkkkkkkkkkkkk.
BOLO CHOCOLATE COM BAUNILHA; BUTTERCREAM DE CHOCOLATE; Calda de cítrica para bolo; sobremesa chocolate e baunilha.
Reparem como o bolo fica bem recheado e molhadinho.
BOLO CHOCOLATE COM BAUNILHA; BUTTERCREAM DE CHOCOLATE; Calda de cítrica para bolo; sobremesa chocolate e baunilha.
Mas, não exagerem na calda e nem no recheio ou o bolo corre o risco de desmontar ou "chorar" recheio pelos lados. 
BOLO CHOCOLATE COM BAUNILHA; BUTTERCREAM DE CHOCOLATE; Calda de cítrica para bolo; sobremesa chocolate e baunilha.
Achei muito boa a textura e o gosto bem saboroso. Pode ser feito todo no chocolate ou fazer napolitano como a Joyce Galvão da FoxLife.
BOLO CHOCOLATE COM BAUNILHA; BUTTERCREAM DE CHOCOLATE; Calda de cítrica para bolo; sobremesa chocolate e baunilha.

O que vocês acharam? Se vocês fizerem esta receita, me enviem as fotos. Vou colocá-las na atualização do link. 
Beijocas e até o próximo link.
BOM APETITE!!!
Obrigada pela visita. Um abraço carinhoso a todos.
                   Teresa Cintra