Translate

terça-feira, 24 de junho de 2014

PÃO DE BETERRABA

A primeira vista parece algo estranho. Você logo pensa e o sabor como fica? Afinal de contas, muita gente nem gosta de beterraba. Será que fica com gosto de terra? 
Eu fiz, provei e aprovei. 
Fica muito bom. 
A cor fica fantástica, um rosado meio goiaba. Lindo. Recheei com um refogadinho de frango e cream cheese. Huuummm, que ficou delicioso. 
PÃO
E o gosto não deve nada aos outros pães. Não tem gosto de beterraba e nem deixa aquela sensação de terra que às vezes a beterraba dá. Tem gosto de pão e naturalmente do recheio que se coloca. Se quiser pode ser feito sem recheio. 
Para o pão de beterraba, você vai precisar da água do cozimento da beterraba e das beterrabas cozidas.
A receita que fiz é uma adaptação do pão recheado que já postei anteriormente (http://teresacintra.blogspot.com.br/2014/06/paozinho-recheado-ou-enroladinho-de.html).

INGREDIENTES:
Para a levedura:
  • 10g de fermento biológico seco (1 envelope)ou 30g do fermento biológico fresco
  • 1 c/sopa de açúcar
  • 1 xíc/chá da água em que se cozinhou a beterraba. Tem que estar morna (não quente)
Para a massa:
  • Levedura pronta (veja acima)
  • 1 xíc/chá de leite
  • 2 ovos médios
  • 3 c/sopa de óleo
  • 2 c/sopa de manteiga
  • 1 a 2 beterrabas cozidas, descascadas e fatiadas (+ 190g)
  • 1 c/chá cheia de sal (3g)
  • 1 Kg de farinha de trigo (aproximadamente)
  • 1 gema de ovo para pincelar (opcional)
Para o recheio:
  • Refogado de frango
  • Cream cheese ou catupiry
MODO DE PREPARO: 
- Prepare a levedura:
Eu fiz com fermento biológico seco: Em uma pequena vasilha misture o fermento, o açúcar e a água em que se cozinhou a beterraba que deve estar morna (temperatura suportável e agradável ao toque). Deixe descansar até que forme a levedura por 5 a 10 minutos. Fica com um aspecto espumoso. Reserve.


Dica: Algumas pessoas, quando usam o fermento biológico seco, não fazem a levedura. Usam o fermento direto na massa. Mas, eu gosto de fazer, me sinto mais segura e confiante. Além disto, a massa cresce mais rápido se tiver sido feito a levedura anteriormente. Caso você faça a opção por não fazer a levedura com o fermento biológico seco, coloque todos os ingredientes na massa da receita (fermento, açúcar e água do cozimento da beterraba). Já com o fermento biológico fresco deve-se fazer a levedura sempre que for usado. 
- Pré-aqueça o forno a 200ºC.
- Triture as beterrabas até ficarem tipo uma pasta. Se for preciso adicionar líquido, coloque um pouco do leite da própria receita e bata bem. Reserve.
- Em uma vasilha coloque o leite, os ovos inteiros, o óleo, a margarina. Mexa com uma colher.
- Acrescente a beterraba batida e a levedura. Mexa com a colher.
 Vejam que levedura mais linda e espumosa.
- Junte metade da farinha de trigo (500g). Misture com a colher.
- Acrescente o sal e vá colocando o restante da farinha aos poucos.
Dica: o sal não deve ser colocado na mesma hora que a levedura, pois ele inibe o desenvolvimento da fermentação. Por isso o sal é colocado apenas depois de introduzir parte da farinha de trigo. 
- A medida que a massa começa a ficar "pesada" e difícil de ser misturada com a colher, transfira-a para a bancada polvilhada de farinha de trigo e passe a trabalhar com as mãos. 

- Sove a massa até ficar elástica e macia. Ela fica levemente pegajosa, mas sem agarrar nas mãos. Tenha cuidado para não exagerar na farinha de trigo e ficar uma massa pesada e difícil de crescer. 
- Passe a massa para a vasilha e cubra o recipiente com uma toalha (limpa e seca) ou filme plástico. Deixe descansar até dobrar de volume (20 a 30 minutos se o dia estiver quente. Em dias mais frios o tempo será maior).
Dica: A massa de pão não gosta de correntes de ar e nem de frio. Deixe-a descansando em lugar protegido e aquecido.
- Enquanto espera, prepare o recheio a gosto. A minha sugestão é um refogadinho de frango e cream cheese ou catupiry. Pique a carne do frango já cozida, pode ser o frango que sobrou do almoço. Refogue em azeite cebola, alho. Junte a carne, tempere a gosto. Desligue o fogo e acrescente cheiro verde e um pouco de requeijão. E pronto. Use o recheio frio.
- Prepare os pães. Você pode fazer vários pãezinhos pequenos ou pães maiores. Eu preferi fazer maiores. Para isto corte a massa em 3 partes. Abra cada massa individualmente no balcão enfarinhado com o auxílio do rolo de cozinha.
- Recheie com o refogado e o cream cheese e enrole como rocambole. Dica: Eu fiz dois pães recheado e um sem recheio.



- Coloque os pães em um tabuleiro enfarinhado. Não precisa untar. Dica: Serve também forma de bolo inglês, forma de anel... o que você tiver disponível. Na forma de bolo inglês coloquei o pão sem recheio. E na forma maior os outros dois pães recheados. Não cheguei a usar a 2ª forma de bolo inglês. 
- Pincele os pães com gema. Dica: este é um passo opcional. Por conta da cor da massa a gema não dá aquele efeito dourado no pão, apenas fica um pouco brilhante.
- Deixe coberto com um pano limpo para crescer novamente (20 a 30 minutos).
- Leve ao forno pré-aquecido a 200ºC até assar, aproximadamente 30 minutos.
Agora, faça um cafezinho bem quentinho e bom apetite. Esta massa fica muito gostosa e macia.
PÃO
Espero que vocês tenham gostado e façam a receita. Vale a pena e a cor é bem apetitosa. Já estou pensando em fazer uma variação com espinafre ou manjericão. Já pensaram em um pãozinho verdinho com recheio de queijo? É uma boa forma de comer verduras e legumes. 
BOM APETITE!!!
Obrigada pela visita. Um abraço carinhoso a todos.
                   Teresa Cintra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queridos visitantes deixem o seu comentário que irei responder o mais rápido possível.
Caso vocês fizerem alguma receita ou artesanato do meu blog, enviem as fotos para o e-mail: thecintra@gmail.com. Vou colocá-las na atualização do link correspondente.
Um forte abraço!