Translate

quarta-feira, 30 de abril de 2014

PORTA RETRATO DE MADEIRA COM DECOUPAGEM

Há muito tempo que eu queria dar uma cara nova aos meus porta-retratos. Alguns eu ganhei e acho que não tem nada a ver com a decoração de meu lar. Resolvi então por as mãos na massa e tomar uma atitude. Artesanato combina e muito com reciclagem. Parece que um completa o outro. Ou renova. kkkkkkkkkkk.
RECICLAGEM DE PORTA RETRATO
MATERIAL NECESSÁRIO:
  • Porta retrato de madeira
  • Lixa para madeira
  • Tinta látex ou acrílica branca
  • Tinta acrílica da cor desejada
  • Tinta acrílica metálica na cor dourada
  • Pincel largo e fino
  • Rolinho de espuma
  • Cola branca extra-forte
  • Guardanapo para decoupagem.
  • Papel de presente
  • Lápis
  • Verniz acrílico à base de água
  • Tesoura, lápis
  • Recipiente com água
  • Jornal ou outro forro para proteger a bancada de trabalho
PASSO-A-PASSO:
- Desmontar o porta retrato.
- Lixar toda a superfície para retirar o verniz antigo e facilitar a pega da nova pintura.
RECICLAGEM
- Pintar toda a moldura do porta retrato com a tinta látex branca. Use pincel largo ou rolinho de espuma. Se a cor original for muito escura (como era o meu caso) serão necessárias três demãos de tinta. Espere a secagem entre as demãos.
- Dê uma ou duas demãos intercaladas com secagem com a cor escolhida para o fundo.
- Corte as figuras no guardanapo escolhido. Além do guardanapo floral, usei borboletas que retirei de um papel de presente apenas para dar um toque a mais. 
- Distribua as figuras sobre a moldura. Brinque com as figuras e escolha a melhor posição. 
- Cole as figuras sobre a moldura com cola branca extra-forte diluída a 50% (metade água/metade cola). Não se esqueça de tirar as camadas do guardanapo com cuidado para não rasgar a figura escolhida. Apenas a camada com estampa será usada, as outras duas (brancas) deverão ser descartadas.
Comece a passar a cola com um pincel macio a partir do centro para fora da figura.
- Deixe secar bem e passe uma camada de cola sobre todo o trabalho. Espere secar novamente. 
- Hora de dar o seu toque pessoal ao trabalho. Preencha os espaços vazios a seu gosto. Eu fiz alguns desenhos com uma caneta marrom e depois cobri com a tinta metálica dourada. Você pode desenhar arabescos, espirais, figuras geométricas ou até mesmo cobrir totalmente a moldura com o guardanapo.
RECICLAGEM
RECICLAGEM
Agora é só escolher uma foto e pronto.
Vejam como ficou meu novo porta retrato. Gostaram?

Eu gostei desta nova experiência. Uma boa forma de mudar a decoração da casa sem precisar substituir os itens já existentes.
RECICLAGEM DE PORTA RETRATO

BOA SORTE E SUCESSO NOS TRABALHOS!

segunda-feira, 28 de abril de 2014

PETIT GÂTEAU ou BROWNIE? - VOCÊ DECIDE.

Que eu sou chocólatra, todo mundo que me conhece já sabe. Então, quando achei esta receita, tão simples e prática, que é puro chocolate, não pude resistir. Separei o material e resolvi fazê-la.
PETIT GÂTEAU; BROWNIE; CHOCOLATE; BOLO; BOLINHO
INGREDIENTES:
  • 100g de açúcar refinado ou cristal.
  • 110g de leite em pó.
  • 120g de chocolate em pó com 50% de cacau (não é achocolatado é chocolate. Eu usei o da Nestlé, aquele com os frades na caixa).
  • 4 ovos inteiros.
    PETIT GÂTEAU ou BROWNIE
MODO DE PREPARO:
Neste momento eu tenho que fazer uma confissão, entranhei os poucos ingredientes da receita e resolvi fazer apenas a metade. Não queria perder todo o material em uma tentativa que poderia ser frustrada. Afinal que receita era esta sem manteiga ou outro tipo de óleo, sem farinha, sem fermento, onde o único líquido era o ovo?  Esta realmente é uma receita muito estranha, mas a curiosidade foi maior e lá fui eu testar a receita.
  1. Pré-aqueça o forno a 200ºC.
  2. Pese e peneire junto todos os ingredientes secos, misturando-os.
    PETIT GÂTEAU ou BROWNIE
  3. Acrescente os ovos e bata com um fouet (fuê). Fica uma massa bem brilhante e homogênea. E só. É isto mesmo, nem precisa de batedeira. Se você não tiver fouet, pode usar um garfo ou colher para fazer a mistura. Simples assim. 
    PETIT GÂTEAU ou BROWNIE

    PETIT GÂTEAU ou BROWNIE
  4. Distribua a massa em forminhas untadas com manteiga e polvilhadas com chocolate em pó. Não encha até a borda, pois a massa cresce mesmo sem fermento.
    PETIT GÂTEAU ou BROWNIE
  5. Leve ao forno pré-aquecido e asse por 11 minutos para deixar o miolo cremoso (petit gâteau) ou 15 minutos se preferir mais firme (brownie). Passe a temperatura do forno para 180ºC.
    PETIT GÂTEAU ou BROWNIE

    PETIT GÂTEAU ou BROWNIE
  6. Espere aproximadamente 5 minutos antes de desenformá-los. Se você optou por deixar o centro cremoso, pode ter a impressão que estão moles demais e que não conseguirá desenformá-los. Nesta hora é importante um pouco de paciência. Se for preciso use uma faquinha para ajudar. Eu não tive problemas ao desenformar pois optei em deixar 15 minutos no forno e usei minhas forminhas de silicone para cupcakes (http://teresacintra.blogspot.com.br/2014/01/formas-e-utensilios-de-silicone-na.html). 
    PETIT GÂTEAU ou BROWNIE
OBS: Apesar de ter untado 8 forminhas (era a primeira vez que as usava e queria seguir a receita à risca) só usei 6 para meia receita. Acho que a quantidade de "bolinho" irá variar de acordo com o tamanho da forminha usada.
PETIT GÂTEAU ou BROWNIE
Como vocês já descobriram a opção do tempo de forno é que vai determinar se será um petit gâteau ou um brownie. Ambos são maravilhosos. Na dúvida faça meia receita de cada.

DICA: Se você optar pelo brownie, não deixe de acrescentar nozes, castanhas ou amendoas picadinhas à receita.

Agora é só saborear esta delícia.
PETIT GÂTEAU; BROWNIE; CHOCOLATE; BOLO; BOLINHO; FORMA DE SILICONE
Minha sugestão é acompanhá-lo com sorvete de creme ou de chocolate branco.
PETIT GÂTEAU; BROWNIE; CHOCOLATE; BOLO; BOLINHO; FORMA DE SILICONE

É muiiiiiitooooo booommmm! 
PETIT GÂTEAU; BROWNIE; CHOCOLATE; BOLO; BOLINHO; FORMA DE SILICONE
Receita aprovadíssima e ainda fiz uma brincadeira com meu filho que completou 20 anos. A comemoração seria no final de semana, mas o dia é muito especial e merecia uma pequena demonstração de nosso afeto.
PETIT GÂTEAU; BROWNIE; CHOCOLATE; BOLO; BOLINHO; FORMA DE SILICONE
Da próxima vez, eu irei fazer a receita completa.

BOM APETITE!!!
Um abraço carinhoso a todos os meus amigos,
                   Teresa Cintra

sábado, 19 de abril de 2014

OVO DE CHOCOLATE DE COLHER COM RECHEIO NAPOLITANO

É impossível resistir ao apelo dos ovos de chocolate. Mas, os preços são absurdos de caros.
Então o jeito é fazer os próprios ovos. Além de bem mais barato, tem um gosto especial do tipo "Eu que fiz". Amo isto. E fica uma delícia. kkkkkkkkkkkkkkkkkk.
Nesta Páscoa o que está em moda são os ovos de chocolate de colher.
São metade de um ovo de páscoa, que tem sua casca recheada com alguma delícia. As cascas de chocolate podem ser compradas prontas ou feitas em casa. 
As opções de recheio são inúmeras. Doce de leite, ganache de chocolate, brigadeiros diversos, beijinho, romeu e julieta, napolitano, maracujá, limão, amendoim, coco e muitos outros. Eu escolhi o sabor napolitano.
OVO DE CHOCOLATE DE COLHER; RECHEIO NAPOLITANO; PÁSCOA; CHOCOLATE
O importante é escolher um recheio que não seja muito perecível. O uso de frutas frescas pode comprometer o resultado final e diminui em muito o tempo de validade do ovo. 
A decoração e finalização do ovo vai de acordo com a criatividade e gosto pessoal de cada um. Irá depender também da finalidade do ovo, se para consumo próprio ou para venda. 
Se for para vender é preciso ir acompanhado de uma colher e estar em uma embalagem própria para este tipo de ovo, ou o recheio irá derramar. Caso você não encontre embalagens próprias, pode colocar uma fina camada de chocolate sobre o recheio e enfeitar esta camada antes de envolver em papel celofane.

INGREDIENTES:
- Recheio:
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 medidas de leite comum (usar a lata do leite condensado como medida)
  • 2 c/sopa de amido de milho
  • 1c/sopa de essência de baunilha
  • 1c/sopa de manteiga ou margarina
  • 4 gemas peneiradas (para retirar sua película)
  • 2 c/sopa de cereal matinal sabor morango Nesquick ou MID (ou duas caixinhas de gelatina sabor morango). Eu usei o MID.
  •  Chocolate meio amargo em barra derretido (100g)
  • Chocolate branco em barra derretido (200g)
- Outros ingredientes:
  • Cascas de ovos de chocolate prontas ou 300g de chocolate ao leite fracionado (ou outro de sua preferência) para fazer as cascas. 
  • Opcional: cerejas, morangos, amêndoas, confeitos.
  • Papel para embrulhar e colheres descartáveis (se for presentear ou vender)
MODO DE PREPARO:
- Prepare o recheio:
  1. Dissolva o amido de milho em parte do leite. Reserve.
  2. Em uma panela coloque o leite condensado, o restante do leite, a manteiga, a baunilha e as gemas desmanchadas. Misture e leve ao fogo brando.
  3. Acrescente o amido de milho, assim que a mistura aquecer um pouco, mexendo sem parar para não empelotar e nem queimar.
  4. Cozinhar, sempre mexendo a mistura, até engrossar o creme. 
  5. Apague o fogo e distribua o creme em 3 vasilhas. 
  6. Na primeira vasilha acrescente o chocolate em barra derretido e misture até ficar homogêneo. 
  7. Na segunda vasilha acrescente o pó com sabor de morango e 100g de chocolate branco derretido, misture até homogenizar. 
  8. Acrescente 100g de chocolate branco derretido na terceira vasilha e mexa bem.
    OVO DE CHOCOLATE DE COLHER; RECHEIO NAPOLITANO; PÁSCOA; CHOCOLATE
  9. Deixe os recheios esfriarem sem tampar fora da geladeira, nunca no congelador ou freezer.
  10. Depois que esfriarem, tampe e leve as vasilhas à geladeira para endurecer. 
Está pronto os recheios sabor chocolate, morango e baunilha.

- Prepare as cascas de chocolate conforme sua preferência:
  1. Eu usei chocolate ao leite porque já tinha feito o recheio de chocolate meio amargo. Mas você pode usar o meio amargo ou até mesmo o branco.
  2. Corte o chocolate pedaços iguais e leve ao microondas por 30 segundos. Retire, mexa e volte ao microondas por mais 30 segundos. Mexa novamente. Repita esta operação até que o chocolate esteja totalmente derretido. 
  3. Eu preferi usar o chocolate fracionado por dispensar a temperagem. Mas, se você não gosta do fracionado, este é o momento de fazer a temperagem.
  4. Coloque o chocolate em formas próprias para ovos de páscoa, escorrendo o excesso. 
  5. Vire de cabeça para baixo sobre papel manteiga ou alumínio
    e leve à geladeira para endurecer até que se solte da forma (10 a 15 minutos).
  6. Repita o nº 4 e 5 até que a casquinha fique em uma espessura adequada. (+ 3 camadas de chocolate). Se ficar muito fina irá se quebrar ao ser manuseada.
        
       
      
- Montagem do ovo de colher napolitano:
  1. Coloque cada recheio em um saco de confeitar separado. Lembre-se de nunca usar recheios quentes ou mornos, senão irá derreter a casca de chocolate e todo o trabalho estará perdido.
  2. Preencha as cascas de chocolate distribuindo os 3 sabores em seu interior.
  3. Decore a gosto. Como os meus ovos foram para consumo próprio, decorei com o próprio recheio usando o bico pitanga.
    OVO DE CHOCOLATE DE COLHER; RECHEIO NAPOLITANO; PÁSCOA; CHOCOLATE
  4. Se for usar frutas como morango, framboesas ou cerejas na decoração, só as coloque próximo da hora da degustação. Não se esqueça que além de perecíveis, os morangos saltam muito suco. 
Para não sair do tradicional ovo de páscoa, fiz um fechado com recheio de bombom. Este não fiz nenhuma decoração, pois ele já tem um desenho em relevo. Eu poderia ter colorido antes de colocar o chocolate na forma, mas não o fiz. Fica para o próximo ano. De qualquer forma não vou usar celofane para embalar este ovo e sim papel alumínio, pois é o que tenho.
Os outros, os ovos de colher, não irei embalá-los. Serão servidos na própria bandeja.
OVO DE CHOCOLATE DE COLHER; RECHEIO NAPOLITANO; PÁSCOA; CHOCOLATE
Agora é esperar pelo almoço de domingo de páscoa para poder saborear esta delícia. Hummm, não vejo a hora. kkkkkkk.

Quem quiser inspiração para ovos mais elaborados, olhem o link que fiz em homenagem a Marta Ballina: http://teresacintra.blogspot.com.br/2014/01/pascoa-ovo-de-chocolate.html

Beijão e um forte abraço aos meus amigos e seguidores. 

DICA: Este ovo deve ser conservado em geladeira, pois o creme pode azedar. Deixar fora da geladeira uma hora antes de consumir, para que o chocolate não fique muito duro.

ATUALIZAÇÃO DA POSTAGEM EM 21 DE ABRIL:
Enfim, ontem, domingo de Páscoa, foi possível degustar esta delícia. Eu resolvi postar as fotos do ovo cortado para que vocês verem como o recheio ficou consistente porém macio.
OVO DE CHOCOLATE DE COLHER; RECHEIO NAPOLITANO; PÁSCOA; CHOCOLATE
OVO DE CHOCOLATE DE COLHER; RECHEIO NAPOLITANO; PÁSCOA; CHOCOLATE
OVO DE CHOCOLATE DE COLHER; RECHEIO NAPOLITANO; PÁSCOA; CHOCOLATE

BOM APETITE  E  BOA PÁSCOA A TODOS!!!!!!

quinta-feira, 17 de abril de 2014

CERVEJA GELADA

SUPER DICA?


Feriadão tem cara de cerveja gelada e muita curtição.
Mas a cerveja tem que estar ultragelada, não importa se aparecer um amigo inesperado, ou se a conversa se prolongar um pouco mais do que o esperado. 

Acho que a técnica (simplérrima) também deve servir para outros tipos de bebidas. Quem sabe um bom vinho tinto para o almoço de Páscoa?  Não custa nada tentar, né?

Recebi esta maravilhosa dica pelo email de uma amiga e não resisti em repassar. Afinal, boas ideias precisam circular e agregar novos seguidores. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
O que achou, Vera Lins? 

Infelizmente, quem testou alega que não dá certo. Será? A verdade é que ninguém alegou ter testado e tido um resultado positivo.
Então, resolvi testar pessoalmente. 
Realmente passados os 4 minutos e... nada de nada. A cerveja continuava quente. Ok, levemente resfriada e só. O papel nem chegou a congelar. 
Conclusão: Quem quiser sua cerveja estupidamente gelada, terá que se precaver com antecedência e colocar as garrafas ou latas na geladeira horas antes do evento. 
Talvez esta dica só funcione em lugares abaixo de zero, onde nem precise de congelador. rsrsrsrsrsrsrsrs.

Dica testada e detonada. 

* Quem for dirigir não beba, me chame que eu faço este sacrifício. kkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Agora deixando o lado pagão do feriado, gostaria de lembrar que esta época é uma das mais importantes no calendário cristão e judeu. Para os judeus significa a libertação de seu povo de anos de escravidão, sob a liderança de Moisés. E para nós, cristãos, é a ressurreição de Jesus Cristo.


Desejo a todos os meus amigos, conhecidos e familiares que nesta páscoa, a paz e o espírito de renovação ilumine os nossos corações, fortalecendo nossas relações de amor e respeito. Que os sacrifícios de grandes homens, como Moisés e Jesus Cristo, não caiam no esquecimento de seus povos e sejam eternamente lembrados e comemorados.

BOA PÁSCOA A TODOS!!!!!!

terça-feira, 15 de abril de 2014

CHEESECAKE

Eu adoro bolo, doce e queijo e combinar tudo isto em uma única receita não é coisa do outro mundo. É cheesecake.
BOLO DE QUEIJO; SOBREMESA; LANCHE; CREAM CHEESE
Trata-se de uma sobremesa norte-americana, originada em Nova York. Daí o nome New York Style Cheesecake.
O mais difícil foi encontrar uma receita do cheesecake original. A internet está cheia de receitas adaptadas, feitas com leite condensado e gelatina. Mas a receita original, o verdadeiro cheesecake não leva nenhum destes dois ingredientes. Gelatina? Isto é um sacrilégio. A base da receita original é o cream cheese (creme de queijo).
Depois de muito procurar encontrei um site que dizia ter encontrado a receita original do cheesecake. Coloquei o link no final deste post para quem quiser ver.
Como era um site estrangeiro, além de traduzir os ingredientes, ainda tive que converter as medidas para as que usamos no Brasil. Libras e onças para gramas. Polegadas para centímetros. Temperatura do forno de fahrenheit (ºF) para célsius (ºC).
Também tinha que achar um substituto para o "Graham Cracker", que é uma bolacha de trigo torrada com leve toque de canela. Este tipo de biscoito é muito usado na culinária norte-americana como base para muitas tortas, sobremesas e bolos. No Brasil, muitos fazem a substituição do Grahm Cracker pelo biscoito Maria. Mas, eu não acho que a troca seja justa e satisfatória. Então, resolvi testar usando biscoito cream cracker integral, acrescentando um pouco de canela à mistura.
Na minha opinião acho que ficou muito bom e compensou toda a trabalheira. 
Quem quiser conferir, é só testar a receita abaixo:
INGREDIENTES:
- Crosta de biscoito:
  • 10 a 12 unidades de biscoitos cream cracker integral
  • 2 1/4 colher de sopa de manteiga em temperatura ambiente
  • 1 colher sobremesa de açúcar cristal (ou refinado)
  • Canela em pó a gosto (opcional)
  • Pitada de sal
- Massa do Cheesecake:
  • 600gr de cream cheese em temperatura ambiente
  • 127gr de açúcar
  • 21gr de farinha de trigo
  • 1/2 xícara de creme de leite sem soro em temperatura ambiente
  • 2 ovos inteiros em temperatura ambiente
  • 1/2 colher de chá de essência de baunilha 
MODO DE PREPARO:  
- Prepare a forma onde será assado o cheesecake:
  1. Forre externamente uma forma redonda alta, de 18cm de diâmetro, com papel alumínio duplo (isto é, duas camadas) base e lateral externa. Isto é importante para evitar que o cheesecake venha a queimar e/ou rachar.
  2. A forma não precisa ser untada na base pois a crosta é bem amanteigada. A lateral pode ser levemente untada antes de colocar a massa do cheesecake.
- Prepare a crosta do cheesecake:
  1. Esmigalhe o biscoito (bolacha) em uma tigela. Se preferir use o processador.
  2. Misture a farinha de biscoitos com a manteiga (que pode ser derretida para facilitar a mistura), o açúcar, o sal e a canela. Misture bem até ficar bem homogêneo, mas com aspecto arenoso, sem liga.
  3. Coloque esta mistura na forma já preparada, formando uma camada plana, apenas no fundo. Procure compactar bem a crosta. 
  4. Leve a forma à geladeira por 15 minutos.
  5. Pré-aqueça o forno a 180ºC.
  6. Tire a forma da geladeira e leve ao forno pré-aquecido, até a massa de biscoito ficar firme. Tenha o cuidado para não queimá-la (+ 15 minutos).
  7. Depois de assada a crosta de biscoito, retire a forma do forno e deixe esfriar completamente antes de colocar o recheio.
- Prepare a massa do cheesecake:
  1. Em um processador ou batedeira (com batedor de metal) coloque o cream cheese com o creme de leite. Eu usei a batedeira em velocidade média. Bata bem até que fique bem macio e leve, tendo o cuidado de raspar as laterais da tigela para que fique uma mistura bem homogênea. Esta etapa leva em média 3 minutos.
  2. À parte, misture a farinha de trigo e o açúcar.
  3. Reduza a velocidade do processador ou batedeira para baixa e acrescente a mistura da farinha com o açúcar e em seguida a baunilha. Bata bem.
  4. Acrescente os ovos ligeiramente batidos, um de cada vez. Nesta etapa não bata demais para não criar muito ar na massa. Bata o necessário apenas para misturar os ovos.
  5. Despeje a mistura sobre a crosta de biscoito. 
  6. Coloque a forma, ainda forrada externamente com papel alumínio, dentro de uma assadeira maior e coloque água fervente nesta assadeira até a metade da forma. Assar em banho-maria ajuda a evitar que o cheesecake rache durante o seu cozimento. 
  7. Leve ao forno pré-aquecido à 200ºC por aproximadamente 45 minutos.
  8. Em seguida, reduza a temperatura do forno para 180ºC e continue assando o cheesecake por mais aproximadamente 30 a 45 minutos. O cheesecake deve ficar bem definido, mas ainda um pouco vacilante no centro, isto é, ao se sacudir a forma, o centro se movimenta ligeiramente. O Cheesecake pode estar levemente corado ou branquinho. Não espere ficar "moreninho" ou irá queimá-lo. 
  9. Desligue o forno, mas não retire o cheesecake de lá. Espere aproximadamente uma hora, com a porta do forno entreaberta, para retirá-lo. Este é outro cuidado para evitar rachaduras no cheesecake.
  10. Depois que retirar o bolo do forno, retire o papel alumínio que envolvia a forma por fora, e espere esfriar totalmente antes de colocar na geladeira.
  11. Desenformar quando estiver bem gelado. Se for preciso, passe uma faca ao redor da borda do cheesecake para descolar da assadeira. Isto pode ser desnecessário pois normalmente as bordas do cheesecake desgrudam da forma depois que está assado. 
Dicas: 
- Todos os ingredientes devem estar em temperatura ambiente. Não use nada gelado.
- O cheesecake pode ser servido sem cobertura. Ou, se preferir, com uma cobertura de geleia de frutas vermelhas (morango, amoras, framboesas ou mirtilos).
- É importante o uso de cream cheese na receita. Não use requeijão no lugar. No Brasil a melhor marca é Philadelphia, mas existem outras marcas no mercado.
- O tempo do forno pode variar de um modelo para outro, se é elétrico ou a gás, se é doméstico, semi-industrial ou industrial. O meu forno é do tipo doméstico à gás e o tempo total foi de 1h e 30 minutos para a massa do bolo.
BOLO DE QUEIJO; SOBREMESA; LANCHE; CREAM CHEESE; MASSA DE BISCOITO
- Para cortar o cheesecake sem muito estrago, use uma faca bem afiada e comprida aquecida em água quente. Não esqueça se secar a faca, em uma toalha limpa ou papel toalha, no momento de partir o pedaço, afinal ninguém quer um pedaço do cheesecake molhado, né?

Agora se me dão licença, eu e minha família temos um compromisso muito importante. Nós temos um delicioso Cheesecake nos aguardando para degustação.
BOLO DE QUEIJO; SOBREMESA; LANCHE; CREAM CHEESE; MASSA DE BISCOITO
Ops! Já devoraram boa parte do bolo. É melhor eu ir logo, antes que termine sem nada. kkkkkkkkkkkkkk.
Aceitam um pedaço? 
BOLO DE QUEIJO; SOBREMESA; LANCHE; CREAM CHEESE; MASSA DE BISCOITO
O cheesecake vai bem no café da manhã, como sobremesa depois do almoço ou jantar, entre as refeições como um pequeno e agradável lanche. Enfim, em qualquer horário. Então o que vocês estão esperando? Façam logo esta delícia e surpreenda sua família e amigos.

Para quem quiser ver a receita original o link é http://www.ninerbakes.com/2011/10/04/the-best-original-new-york-style-cheesecake/ . Adaptei a receita às nossas medidas e ao tamanho de minha forma. A minha forma tinha 18cm de diâmetro e a original 25.

Beijocas!!!!
BOM APETITE!!!
Um abraço carinhoso a todos os meus amigos,
                   Teresa Cintra