Translate

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

BOLAS NATALINAS.

INSPIRAÇÃO PARA DECORAÇÃO DE NATAL

Encontrei na internet algumas inspirações para a confecção de bolas natalinas e gostaria de compartilhar com vocês este achado. 
São bolas feitas com botões, tecido, feltro, lantejoulas e minipinhas. 
O passo a passo vocês podem conseguir no link abaixo.







Todas são feitas tendo como base bolas de isopor e os materiais podem ser substituídos por restos de tecidos, botões de velhas roupas, pedaços de fitas e por aí vai. 

A técnica com a bola de tecido fica bem interessante se no lugar dos triângulos de pano, for utilizado folhas secas. Neste caso ao invés de alfinete para segurar as folhas, use cola quente.

Também fica interessante o uso de duas cores ou mesmo de tecidos estampados na bola "alcachofra". 

Faça as bolas de feltro de outras cores. 

Não deixem de ver o link sobre decoupagem em bolas de natal: 

Espero que gostem e façam. 

O que estão esperando? Mãos à obra e divirtam-se.



BOA SORTE e SUCESSO NOS TRABALHOS!!!

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Clarice Lispector

"Sabe o que eu quero de verdade?

Jamais perder a sensibilidade. Mesmo que às vezes ela arranhe um pouco a alma. Porque sem ela, não podeira mais sentir a mim mesma..."

Clarice Lispector
sensibilidade

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

BOLAS NATALINAS COM DECOUPAGEM

Decoração de natal - Faça você mesmo.

O natal é a uma das datas que mais se comemora no Brasil, se não for a primeira da lista.
Mas a festa só está completa com uma decoração esmerada para receber os amigos e familiares.
Ninguém quer passar em branco, mesmo se a ceia for em outro lugar. Todos queremos nossa casa linda e bem decorada. 
O que não significa gastar muito. Nos dias de hoje é preciso criar, inovar e inventar.
Uma boa dica é o artesanato. Além de enfeitar, dá o prazer de poder dizer "Eu quem fiz". Tem coisa mais gostosa e mágica?
BOLAS NATALINAS; DECORAÇÃO; ARTESANATO DE NATAL; ARTE MANUAL; DECOUPAGEM; DECOUPAGE.
Minha dica de hoje será a confecção artesanal de bolas natalinas.

Material:
- Bolas de isopor (o tamanho será de acordo com a escolha de cada pessoa. Deve ser proporcional à árvore a ser enfeitada)
- Papel para colagem (jornal, revistas, papel de seda...)
- Cola branca para artesanato (extra forte - rótulo azul)
- Palito de churrasco.
- Tinta látex ou acrílica branca (ou na cor de sua preferência. Apenas cores suaves.)
- Guardanapos para decoupagem com temas natalinos.
BOLAS NATALINAS
- Pinceis
- Verniz acrílico à base de água incolor 
- Recipiente para preparar a cola
- Pote para água
- Paninho de limpeza
- Tesoura 
- Cola quente
- Fita vermelha e cordão dourado.

Método:
  • Cortar ou picar (com as mãos) em tiras o papel escolhido para fazer a base da bola. 
  • Em um recipiente, diluir a cola a 50%. Metade cola, metade água.
  • Espetar as bolas com um palito de churrasco cada uma. O palito serve para facilitar o manuseio das bolas durante a técnica.
  • Passar cola nas bolas e ir colando os papeis picados até cobrir totalmente a superfície. Deixar secar bem. Para isto espetar  o palito em alguma superfície (placa de isopor ou espuma de floricultura ou vaso com terra ou colocar em um copo). É preciso ter cuidado para que as bolas não se toquem.
  • Quando estiver bem seco pintar as bolas com tinta branca. Duas a três demão intercalando secagem. Caso vá usar outra cor para o fundo, passe uma ou duas demão de tinta. Não use cor escura ou irá prejudicar a visualização do desenho escolhido.
  •  Corte o guardanapo escolhido. É importante que o motivo seja compatível com o tamanho da bola.
  • Faça pequenos cortes na figura para que ela se amolde ao formado arredondado da bola de isopor sem criar muitas dobras e rugas. Os cortes não devem cortar totalmente a figura escolhida. Vejam o desenho abaixo para melhor entendimento. A figura no exemplo seria a estrela e as linhas pretas são os cortes para facilitar a colagem.
  • Tire as folhas excedente do guardanapo. Você irá usar apenas a com o desenho.
  • Passe cola diluída a 80% ( 80ml de cola + 20ml de água) na área da bola onde irá fazer a colagem.
  • Coloque a figura recortada com cuidado para não rasgar. Deixe secar e passe outra demão de cola sobre o desenho. 
BOLAS NATALINAS
  • Deixe secar para colar outra figura do outro lado da bola. O ideal é fazer várias bolas ao mesmo tempo de maneira que enquanto uma seca, outra está sendo confeccionada. Ganha-se tempo.
  • Pode-se agilizar a secagem com o uso de secador de cabelo.
  • Se quiser decorar sua bola um pouco mais este é o momento. Você pode contornar o desenho com tinta dourada ou prateada (ou caneta), fazer sombreamento com tinta nas bordas do desenho, fazer alguns desenhos ou novas colagens na parte que permanece branca, colar glitter em toda a bola ou apenas na figura. Solte sua imaginação. Eu preferi fazer alguns detalhes com tinta dourada. Realcei o contorno de algumas pétalas e folhas. Também alguns espirais na parte branca.
BOLAS NATALINAS; BOLAS NATALINAS; DECORAÇÃO; ARTESANATO DE NATAL; ARTE MANUAL; DECOUPAGEM; DECOUPAGE.
  • Depois que decorar sua bola ao seu gosto e ela estiver bem seca, passe verniz em cada uma. Quanto mais camadas de verniz, mais brilhante ela vai ficar. Deixe secar bem entre uma demão e outra.
  • Retire os palitos de churrasco das bolas. No orifício que ficou fixe com cola quente a fita ou cordão que irá pendurar a bola na árvore de natal.
BOLAS NATALINAS
  • Termine a decoração com um laço do mesmo material ou outro de sua preferência.
BOLAS NATALINAS

Faça outras bolas com desenhos diferentes, veja os exemplos abaixo:
BOLAS NATALINAS; DECORAÇÃO; ARTESANATO DE NATAL; ARTE MANUAL; DECOUPAGEM; DECOUPAGE.
BOLAS NATALINAS; DECORAÇÃO; ARTESANATO DE NATAL; ARTE MANUAL; DECOUPAGEM; DECOUPAGE.
Esta é bem antiga. Foi uma das primeiras que fiz, há muitos anos...
DICA: 
  • Personalize suas bolas:
Uma ideia bem legal é usar, no lugar do guardanapo, fotografias. Coloridas, preto e branca ou mesmo sépia. Escolha uma foto bem legal da família junta ou das pessoas sozinhas. Imprima as fotos em papel A4 em impressora a laser. (A tinta, da impressora jato de tinta, borra em contato com a cola de artesanato que é a base de água.). Corte e faça como descrito acima. 
  • Presenteie amigos ou familiares: 
Faça conjuntos de 3 ou 4 bolas. Embrulhe-as em papel celofane com um laço ou coloque-as em caixas de acetato transparente.
 
O que estão esperando? Mãos à obra e divirtam-se.
BOLAS NATALINAS; DECORAÇÃO; ARTESANATO DE NATAL; ARTE MANUAL; DECOUPAGEM; DECOUPAGE.
BOLAS NATALINAS; DECORAÇÃO; ARTESANATO DE NATAL; ARTE MANUAL; DECOUPAGEM; DECOUPAGE.

BOA SORTE e SUCESSO NOS TRABALHOS!

domingo, 27 de outubro de 2013

Receita de óleo e de extrato de cravo-da-índia

Óleo e extrato de cravo-da-índia

 (Não é minha. Achei na internet e tive que compartilhar. O link está no final do post).

Óleo de cravo-da-índia:
Indicação: 
  • Unhas fracas,
  • Combate micoses de unha,
  • Frieira
  • Manchas brancas nas costas.
Tem ação:
  • Antisséptica,
  • antibiótica,
  • antiviral,
  • antifúngico,
  • anti-inflamatório,
  • antiparasitário
  • analgésico.
  • Massageado na gengiva do bebê, alivia as dores da dentição. Para isso deve ser diluído em um pouco de água, pois sozinho pode causar queimadura na boca do neném.
Receita do óleo de cravo:
Misture trinta gramas de cravo-da-índia com 200 ml de óleo de oliva ou girassol e cozinhe em banho-maria por uma hora. Deixe esfriar, coe e guarde em um vidro limpo e seco.

Extrato de cravo-da-índia
Indicação e modo de usar:
  • O extrato de cravo-da-índia acaba com fungos e traças.
  • Dissolvido em álcool ou água, pode ser usado como aromatizante ambiental.
  • Misturado com água, funciona como antisséptico bucal.
  • Uma colher de chá do extrato em um copo de água serve para coceira nos órgãos genitais e nos casos de candidíase genital. Basta enxaguar o local duas vezes ao dia, pela manhã e antes de dormir. Alivia a coceira e ajuda a eliminar o prurido.
  • O extrato puro serve também para coceiras em geral e picada de inseto.


Para fazer o extrato, misture em um vidro escuro 100 gramas de cravo-da-índia e um litro de álcool de cereais ou cachaça. Deixe guardado por no mínimo dois meses. Está pronto para usar quando o álcool fica marrom. Pode deixar os cravos dentro. Faça um furinho no vidro e use à vontade.

Fonte: livro "A cura da cândida: Eu consegui. Você também pode", página 112. "
Retirado do link

http://www.curapelanatureza.com.br/2012/02/receita-de-oleo-e-de-extrato-de-cravo.html 

Por uma saúde melhor!!!

sábado, 26 de outubro de 2013

PERAS RAINHA HELENA

PERAS EM CALDA COM COBERTURA DE CHOCOLATE:

Esta é uma receita simples e sofisticada. Eu faço usando aquelas peras bem pequeninas e firmes. Faço-as inteiras e mantenho o cabinho. Acho que fica bem charmosa. Quem preferir pode fazê-las partidas ao meio ou em quatro. Neste caso aproveite e retire as sementes. 
Peras em calda com cobertura de chocolate; CHOCOLATE; PERAS EM CALDA
INGREDIENTES:

- 10 peras pequenas
- Suco de um limão
- 800gr de açúcar
- 700 ml de água
- 6 cravos
- 1 pau de canela

COBERTURA:
- 500gr de cobertura fracionada de chocolate meio amargo
- 200ml de creme de leite em caixinha
Peras em calda com cobertura de chocolate
PREPARO: 
  • Descasque as peras e deixe-as de molho em água (o suficiente para cobrir as peras) com o suco do limão. Cuidado necessário para não escurecê-las. Reserve.
  • Prepare uma calda rala com o açúcar,a água, os cravos e o pau de canela. Cuidado para não engrossar muito.
  • Escorra as peras e coloque-as na calda. Cozinhe por mais 10 minutos. Se ficar muito tempo as peras irão se desmanchar e perder a forma.
  • Deixe esfriar, passe para um recipiente de vidro e leve à geladeira.
  • Sirva gelada com a cobertura de chocolate.
Preparo da cobertura de chocolate:
  • Pique o chocolate, passe para uma panela e leve ao fogo em banho maria.
  • Após derreter, desligue o fogo e acrescente o creme de leite. Misture bem até ficar homogêneo.
  • Use quente ou fria sobre as peras. 
Peras em calda com cobertura de chocolate

BOM APETITE!!!!

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Fiodor Dostoievski

Fragmentos de amizade e felicidade:


"Um ato de confiança dá paz e serenidade." 

Fiodor Dostoievski



segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Mostra de Orquídeas de Pernambuco

XXXIV MOSTRA DE ORQUÍDEAS DE PERNAMBUCO

III WORKSHOP DE ORQUÍDEAS DE PERNAMBUCO


A Mostra de Orquídeas de Pernambuco, promovida pela ASSOPE (Associação Orquidófila de Pernambuco), no período de 18 a 20 de outubro, foi um sucesso.
Com entrada franca para visitação pública, a Mostra ocorreu no Museu do Estado de Pernambuco.
Além da exposição e premiações para as melhores orquídeas, o evento contou com palestras sobre o assunto e várias oficinas.
Orquídeas
As palestras e oficinas foram ministradas por engenheiro florestal, pesquisador botânico, engenheiro agrônomo e biólogos, que tiraram dúvidas tanto dos que já estão no ramo como daqueles que estão iniciando suas experiências no cultivo de orquídeas. (Leigos como eu. kkkkkkkkkkkkkkkkkk).

Fiz a oficina de envasamento de orquídeas com a Engenheira Agrônoma da ASSOPE, Karine Soares. Demonstrando domínio no assunto, ela conseguiu repassar a técnica de forma simples e segura.
 Agora não tenho mais desculpas. Dúvidas tiradas, tabus quebrados (tipo, orquídea não se cultiva em apê), hora de criar coragem e cair de cabeça nesta nova e deliciosa mania. kkkkkkkkkkkk. E o melhor é que filmei tudinho.
(snif, snif... não estou conseguindo colocar o vídeo. Fico devendo).
Gravei boa parte da oficina de envasamento e gostaria de deixar como lembrança deste momento, mas não estou conseguindo postar. Preciso compactar o vídeo, o que vou ter que aprender a fazer. Vai demorar um pouco, mas prometo postar assim que conseguir. As fotos abaixo tirei do filme. 
Orquídeas
Circulando entre os exemplares de orquídeas. É fácil compreender o fascínio que exercem sobre as pessoas. Suas cores, formas, tamanhos e aromas. Sim, aromas. Algumas tem um perfume bem ativo e presente. 
Orquídeas
A variedade é realmente bem grande e olha que muitas espécies brasileiras não são encontradas no nordeste. As orquídeas formam
uma família de aspectos bem diversificados. Algumas são suaves e delicadas, outras são como uma explosão de cores, outras exóticas. Difícil escolher uma preferida. São todas lindas!!!
São mais de 30.000 espécies distribuídas em todos os continentes. Só na América do Sul são mais de 12.000, sendo a Colômbia o país com a maior concentração. O Brasil fica em 4º lugar em todo o mundo. Gente, é muita coisa. Infelizmente muitas espécies estão ameaçadas. Destruição dos biomas e por conseguinte do habitat natural das orquídeas são os maiores responsáveis pela ameaça. 
Na oficina "Faça você mesmo", ministrada por Gerson Paiva, aprendemos a preparar os suportes de arame para pendurar os vasos em árvores, teto ou paredes. Além da demonstração da técnica, tivemos a oportunidade de executá-la. No final, cada participante ganhou o suporte que fez. Uma pequena e linda lembrança do evento. 

Outra oficina que chamou atenção foi a de Bonsai, pela Bonsaista Rejane Liberal, de Aldeia (PE). Embora fuja do tópico da exposição, o tema encanta muitos pernambucanos e é sempre bem procurado pelos admiradores de jardinagem. 
Rejane fez demonstração dos passos necessários para fazer um bonsai, como o tipo de terra, a troca do vaso, a poda e as amarrações para dar a forma desejada. A muda usada nas fotos abaixo foi uma jabuticabeira. 
Eis alguns dos bonsais expostos:
Mas não pensem que foram apenas os bonsais os "estranhos" que invadiram a mostra de orquídeas. Não senhor, vejam os outros invasores. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
Plantas para todos os gostos, até a Rosa do Deserto estava presente.
Esta eu não conhecia: Jasmim de Cera. Realmente, ela nem parece de verdade. Mas é! Vejam como ela é diferente e exótica. 
Eu fui e conferi pessoalmente. Foi um evento maravilhoso, bem interativo. E o lugar é simplesmente inspirador. Já estou aguardando a próxima exposição. Quem sabe não coloco uma de minhas mudas? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Afinal, eu aprendi muita coisa. Agora é só praticar e ousar. 

BEIJOCAS!!!